Destaques Linha 7 Trem Intercidades

Linha 7-Rubi pode entrar na PPP do Trem Intercidades

Ligação entre São Paulo e Campinas por trem regional depende da liberação de terrenos da União, disse Alckmin

Trem da Série 8500 da CPTM

Trem da Linha 7: ramal pode entrar na PPP dos trens regionais

Em compasso de espera há anos, o projeto de trens regionais ligando cidades do interior e da Baixada Santista com a capital voltou a ser assunto. O governador Geraldo Alckmin declarou ao jornal O Estado de São Paulo que fez um pedido ao governo federal para que cedesse o domínio das vias do trecho entre São Paulo e Campinas, primeira linha a ser licitada.

Hoje a faixa de domínio é federal e cedida às operadoras de carga. A Linha 7-Rubi, que usa os trilhos, tem prioridade no horário comercial, mas ainda assim acaba cedendo espaço para a passagem dos trens cargueiros em alguns períodos. Agora, segundo Alckmin, a ideia é que a linha do Trem Intercidades (nome oficial do governo) que ligará São Paulo a Campinas, passando por Jundiaí, também inclua a concessão da Linha 7 da CPTM.

Segundo o governador, isso aumentaria o valor da concessão que deverá ser no modelo de PPP (Parceria Público Privada). O projeto discutido pelo governo do estado envolve o uso dos trilhos atuais, que ganhariam outras vias para permitir a operação conjunta de todas as linhas e trens de carga.

Esse projeto, embora mais barato, implica numa ligação mais lenta, com velocidade máxima de 200 km/h. Com isso, a viagem não chegará a ser muito mais rápida que a feita por automóvel, de onde espera-se que venha a maior demanda de passageiros. Ele foi proposto por meio de uma MIP – Manifestação de Interesse Público – por um grupo privado.

O projeto original do próprio governo previa um aproveitamento apenas parcial das atuais vias e a construção de vários túneis e viadutos para que o trajeto fosse mais direto e permitisse velocidades maiores, mas Alckmin parece ter considerado ele inviável financeiramente.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Leave a Comment