Metrô nega supostos casos de estupro dentro das estações Vila Mariana e Ana Rosa

Boatos tomaram conta das redes sociais após mulher ter sido atendida no sábado (18) por funcionários da empresa alegando ter sido agredida sexualmente fora da estação
Trem do Metrô (Metrô)

Circulam nas redes sociais nesta semana boatos sobre uma onda de ataques a mulheres dentro de duas estações do Metrô, Ana Rosa e Vila Mariana. Segundo um desses relatos, duas mulheres teriam sido vítimas de tentativas de estupro mas uma delas teria escapado. Elas seriam estudantes de escolas na região. A história acabou se espalhando e ganhando novas versões, inclusive em que elas estariam dentro das estações e que a segurança do Metrô não teria feito nada.

A informação, no entanto, não encontra base real em nenhum lugar: não há boletins de ocorrência ou testemunhas, de acordo com o Metrô. A única informação confirmada foi que uma jovem pediu ajuda aos funcionários do Metrô no sábado (18), dizendo ter sido estuprada fora da estação. “Depois de atendida, a jovem recusou encaminhamento hospitalar e foi levada até a casa dos pais pelos funcionários do Metrô”, explicou a empresa.

Por mais dolorosa que possa ser, a atitude correta nesses casos é entrar em contato com os funcionários do Metrô e procurar uma delegacia para registrar o fato. Só assim será possível evitar que criminosos continuem a agir livremente. No Metrô,  é possível também utilizar o aplicativo Metrô Conecta ou serviço SMS-Denúncia (11 97333-2252).

Veja abaixo as unidades de Delegacia da Mulher existentes na capital:

1º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Centro São Paulo – Pq. Dom Pedro – Centro Rua Bittencourt Rodrigues, 200 Sé – Cep 01.017-010 (11) 3241-3328/ 3241-2263
2º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Sul São Paulo – Vila Clementino – Sul Avenida Onze de Junho, 89 / 2º Andar Vila Clementino Cep 04.041-050 (11) 5084-2579
3º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Oeste São Paulo – Jaguaré – Oste Avenida Corifeu de Azevedo Marques, 4300, 2º andar Jaguaré Cep 05.340-020 (11) 3768-4664
4º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Norte São Paulo – Frequesia do Ó – Norte Avenida Itaberaba, 731, 1º andar Freguesia do Ó Cep 02.734-000 (11)  3976-2908/ 3975-2181
5º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste São Paulo – Pq. São Jorge – Leste Rua Dr. Corinto Baldoíno Costa, 400 Parque São Jorge Cep 03.069-070 (11) 2293-3816/ 2941-9770
6º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Sul São Paulo – Campo Grande Rua Sargento Manoel Barbosa da Silva, 115 Campo Grande Cep 04.675-050 (11) 5521-6068/ 5523-5479
7º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste São Paulo – Itaquera Rua Sabbado D´Ângelo, 46, Itaquera Cep 08.040-620 (11) 2071-4707/ 2071-3488
8º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leste São Paulo – Jd. Marília Av. Osvaldo Do Valle Cordeiro, 190 Jardim Marilia – Cep – 03.584-000 (11) 2742-1701/ 2743-3288
9º Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Oeste São Paulo – Pirituba Avenida Menotti Laudisio, 286 Pirituba Cep 02.945-000 (11) 3974-8890 / 3971-5460
Total
17
Shares
3 comments
  1. O metrô tem uma delegacia própria na Barra Funda. Não há necessidade de ir lá para registrar ocorrência, basta pedir para um segurança que eles devem orientar o que fazer.

  2. Claro que vai negar….acha que vão dar o braço a torcer?
    Gestão conservadora é assim mesmo….nego qdo posso, e negarei até onde puder!

    Depois não sabem pq o Estado está entregando as linhas para a iniciativa privada…

    Se bem que era mais facil fazer uma reforma administrativa no quadro do metrô.

Comments are closed.

Previous Post

Governo garante que quatro novas estações da Linha 5-Lilás serão abertas em um mês

Next Post

Anúncio equivocado no Metrô prometeu operação comercial na Linha 15-Prata a partir do dia 30

Related Posts