Destaques Linha 5

Governo garante que quatro novas estações da Linha 5-Lilás serão abertas em um mês

AACD-Servidor deve ser aberta “provavelmente” na semana que vem, mas Secretaria dos Transportes Metropolitanos nega que isso esteja definido
Acesso da estação AACD-Servidor: possível abertura no final do mês (CMSP)

Em mais uma entrevista à rádio nesta semana, desta vez para a Bandeirantes, Clodoaldo Pelissioni, secretário dos Transportes Metropolitanos (STM), voltou a afirmar que as quatro estações da Linha 5-Lilás prometidas para serem abertas em agosto serão inauguradas “em até um mês” Ele ainda acrescentou que uma delas “provavelmente será aberta até o final de agosto” – trata-se da estação AACD-Servidor, conforme antecipado pelo site nas últimas semanas.

Consultamos a STM sobre o assunto, que negou que a estação em questão é AACD, e também a Via Mobilidade, concessionária responsável pela operação da Linha 5, que preferiu não se manifestar. A principal dúvida que paira no ar é como será feita a ampliação da operação com a adição da nova estação. Atualmente, o ramal funciona de forma provisória a partir da estação Brooklin com os trens invertendo as vias para chegar até a estação Eucaliptos. Já a estação Moema passou a ter cobrança de tarifa desde sábado sem que, no entanto, o horário de funcionamento fosse ampliado, o que não é comum no Metrô. Por fim, os passageiros que a utilizam continuam a precisar mudar de plataforma para seguir viagem.

Embora a informação não seja confirmada pelo governo, a dificuldade em abrir as próximas estações teria a ver com problemas em utilizar uma área de manobras entre Moema e AACD-Servidor. Se ele pudesse ser usado em tese o desempenho dos trens seria melhor e até mesmo Hospital São Paulo poderia ser aberta ao menos em operação assistida. Porém, tanto o Metrô quanto a Bombardier, responsável pelo sistema de sinalização CBTC, desistiram de contar com essa estratégia por motivos não esclarecidos, optando por concluir o projeto inteiro em que as composições manobrarão apenas na estação Chácara Klabin, futuro terminal da Linha 5.

Por essa razão, a abertura de AACD-Servidor antes das demais pode até ser uma manobra provisória assim como Moema em abril a fim de acalmar a opinião pública e usuários que esperam ansiosamente pela conclusão da obra. Possivelmente só saberemos como isso será feito na semana que vem, a poucos dias da suposta inauguração.

Veja também: Depois de meses, Pelissioni volta a falar sobre a expansão da Linha 5

 

Leia no Lulica
O que esperar ao mudar-se para a “terra da rainha” 26/8/2020

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

20 Comentários

Click here to post a comment
  • Ricardo, pelo que andei pesquisando, não existe um AMV entre as estações Moema e AACD Servidor, por isso o Metrô está postergando a entrega.

    Em termos operacionais fica inviável inaugurar a AACD Servidor, porque os trens percorreriam 3 estações na “contra mão”. Imagina ter que adaptar o sistema da Bombardier só para que a estação funcione nesse regime por 30 dias.

    É a pergunta que fica.

    • Olá, Matheus, existem aparelhos de mudança de via nessa área para dar acesso às duas “vagas” do estacionamento de trens que fica embaixo do Parque das Bicicletas. Quando a operação estiver plena esse espaço será usado para inserir trens em trechos mais movimentados ou mesmo para estacionar composições que porventura tiverem algum problema durante a operação. É chamado internamente de X51. Hoje os trens manobram no X49 entre Brooklin (BRK) e a futura Campo Belo (CPB).

      Plano de vias da Linhas 5

    • Pelo mapa dos AMV´s, daria para fazer retorno dos trens usando as 2 plataformas da Estação AACD-Servidor sem precisar ir adiante.

      Talvez seja por isso que se cogita entregar essa estação e as 3 ultimas no mês que vem. Mas estou achando que vão é entregar as 4 tudo junto, isso sim!

      Mas poderiam fazer isso para melhorar a operação da linha em si, pois um trem ter que ficar esperando o outro retornar em Brooklin por causa do esquema de 1 trem fazendo batevolta em Moema ninguém merece!

      Demitam esse secretário!!

  • Os atrasos sao pessimos mas eu acho que seria melhor inaugurar as 4 estaçoes de uma vez em setembro e evitar mais problemas com este software da Bombadier que eh super ruim de roda !!

  • Ricardo, bom dia !
    Ja esta ficando por d + “entediante” estas informaçoes vindas do Magrelo Narigudo (inclusive aparentemente sem competencia ) sobre inauguraçoes desta bendita linha lilas. Inclusive este Narigudo é cria do geraldo.
    Sugestao: Deixemos d lado estas informaçoes mentirosas e fixemos nossas atençoes nas falcatruas q ainda devem aparecer nesta atual administraçao .

    • Está faltando mais pompa para esses “jornalistas” ou repórter que entrevista esses caras, falta criticar,fazer perguntas mais contundentes,xingar,seila o que,porque o narigudo dá entrevista,fala que inaugura x data e pronto, todo mundo aceita e pronto, o mínimo que esses cara merecia é alguém ter xingado a senhora mãe dele, criticar em blogs não leva a nada porque a informação não chega a ele, se eu entrevistasse esse ser(eu e 90% dos prejudicados revoltados), ele sairia chorando sabendo as merda que faz prejudicando a população,é uma palhaçada sem tamanho, fico inconformado, revoltante!

  • Mais uma vez mentiram para o povo. Já adianto, tbm não vai ser em Setembro.

    Parece que desta vez o povo de SP está mais atento, Geraldinho o ”Santo” não passa de 6% nas pesquisas.

    • Pois é…

      6% no datafolha
      5% no Ibope
      Que vergonha hehe

      Considerando que a ultima eleição presidencial o Malckmin perdeu até para a Dilma, imagina agora com tanta m*** que apareceu na lava jato não só do PT, como também do PSDB.

      Alckmin não ganha nem para síndico mais!
      Só aqui em SP que ainda tem iludido que acha que o PSDB é uma maravilha e que todos os demais (12 candidatos ao todo na eleição desse ano) são piores ou não prestam.

      A verdade é que ninguém aguenta mais!

  • E lá vamos nós de novo.

    Era para Junho, ficou para Julho, chegou Julho, ficou para Agosto. Estamos em Agosto, ficou para Setembro, vai chegar Setembro e é capaz de ficar para Outubro.

    E para piorar, não falam mais nada da linha 15.

    Bando de incompetentes, se fosse em qualquer país sério, cabeças já teriam rolado!

  • Boa noite se tá essa demora nas estações que já estão quase prontas não gosto nem de pensar quando que vai ser a inauguração da estação Varginha aff

  • Ricardo, há boatos de que as novas estações da linha 15-Prata passarão a funcionar em horário integral e com cobrança de tarifa a partir de sexta-feira, dia 31 de Agosto. Você sabe de alguma coisa?

  • Quem trabalha com patrimônio cultural sabe que o setor “tem as costas largas”. Quando uma autoridade quer escapar de cobrança por atrasos em obras, costuma jogar a responsabilidade nos “órgãos de preservação”. Como a opinião pública é continuamente jogada contra os preservacionistas, a desculpa (esfarrapada, quase sempre) costuma ‘colar’.

    Agora algo semelhante vem ocorrendo na extensão da Linha 5.

    Diante do atraso em julho de 2018, a imprensa publicou declarações de responsáveis do Metrô alegando que esse tipo de obra acaba atrasando pelas licenças ambientais.

    Ora, se e quando há impedimentos por conta das licenças ambientais, isso ocorre exclusivamente na fase de licenciamento do projeto, antes de um único grão de terra ser movido pelas máquinas.

    Não vai ser com túneis 100% escavados e estações na fase de acabamento (situação da Linha 5 em 2018) que algum órgão ambiental irá criar algum obstáculo à obra.

    O velho truque de apelas às “costas largas” da preservação. É muita cara de pau.

    E na verdade procura lançar uma cortina de fumaça nas causas reais, possivelmente inconfessáveis.

    Há algo de podre…

Airway