Vencedor da licitação de projeto básico da estação Cerro Corá deve ser apontado em 9 de março

Metrô classificou todos os cinco consórcios que enviaram proposta para o certame, que detalhará a extensão da Linha 2-Verde entre Vila Madalena e Cerro Corá e que inclui ainda o acesso à Linha 20-Rosa
Perspectiva da estação Cerro Corá com as plataformas da Linha 2 e 20 (CMSP)

O Metrô aprovou todas as cinco propostas técnicas recebidas dos consórcios que concorrem à licitação de projeto básico da extensão da Linha 2-Verde entre Vila Madalena e a estação Cerro Corá. Com isso, o próximo passo será a análise das propostas comerciais dos participantes e que foi marcada para o dia 9 de março, segundo ata divulgada nesta quinta-feira, 16.

Embora a companhia não esclareça essa possibilidade, é bastante provável que o vencedor seja apontado nesse dia.

Os seguintes consórcios apresentaram propostas para o certame:

– Consórcio Projetista SP L2 (Systra Engenharia e Consultoria Ltda; SMZ Consultoria em Automação e Controle Ltda; AS Geotecnia, Meio Ambiente e Poços Artesianos Ltda; Geocompany Tecnologia Engenharia e Meio Ambiente Ltda e Outec Engenharia Ltda);

– Consórcio Sener Setepla – Egis – Setec (Sener Setepla Tecnometal Engenharia e Sistemas S.A; Egis – Engenharia E Consultoria Ltda e Setec Hidrobrasileira Obras e Projetos Ltda);

– Consórcio Stemm – Linha 2 (Sondotécnica Engenharia de Solos S/A; Tuv Rheinland Ductor Ltda; Empresa Brasileira de Engenharia de Infraestrutura Ltda; Metroeng Engenharia Ltda e Multiplano Engenharia Ltda);

– Consórcio PMI (Pólux Engenharia Ltda; Maubertec Tecnologia em Engenharia Ltda e Ieme Brasil Engenharia Consultiva Ltda);

– Consorcio Extensão Linha 2 (Engecorps Engenharia S.A; EGT Engenharia Ltda; Copem Engenharia Ltda e Tekhnites Consultores Associados Ltda).

As empresas haviam entregado suas propostas em meados de dezembro após o Metrô lançar a licitação em setembro do ano passado.

Os poços e túneis da estação (CMSP)

Conexão com a Linha 20-Rosa

Embora uma extensão mais modesta do que a expansão da Linha 2-Verde até Guarulhos (Dutra), o trecho entre Vila Madalena e Cerro Corá é de suma importância para equilibrar a demanda no ramal no futuro. Isso porque será em Cerro Corá que a Linha 2 se conectará à futura Linha 20-Rosa, prevista para ir da região da Lapa até Santo André, no ABC Paulista.

Por isso o projeto básico também incluirá as plataformas da Linha 20, num nível inferior ao da Linha 2, um arranjo já visto na estação Chácara Klabin (Linha 5 e Linha 2) e que está sendo feito também em Anália Franco (Linha 2 e Linha 16).

Não há, contudo, uma previsão de quando o Metrô dará início às obras já que a construção da estação Cerro Corá poderá ser incluída numa possível concessão da Linha 20-Rosa à iniciativa privada.

 

Total
0
Shares
Antes de comentar, leia os termos de uso dos comentários, por favor
1 comment
  1. É importante que a Estação Cerro Corá seja construída logo porque mesmo com a operação parcial da Linha 02 até Vila Formosa antes de chegar até a Penha, fará com que a demanda aumente ainda mais no trecho principal e as manobras de trens após Vila Madalena terão de ocorrer com maior frequência e atualmente é mais complicado fazer esse tipo de operação! Com a Linha 02 na Penha, aí Cerro Corá se torna mais importante ainda, mesmo que a Linha 20 demore mais do que o previsto para a integração lá!

Comments are closed.

Previous Post

ViaMobilidade renova comunicação visual da estação Santo Amaro da Linha 9-Esmeralda

Next Post

Linha 15-Prata abre parcialmente neste sábado, 18 de fevereiro

Related Posts