Metrô de São Paulo encomendará novo trem especial para manutenção

Jean Carlos
O novo maquinário deverá ser responsável por realizar serviços de alinhamento, nivelamento e socaria de lastro
Veículos de via são importantes para manutenção no Metrô de São Paulo (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A manutenção é uma das ações mais importantes que as empresas de transporte sobre trilhos precisam desempenhar. O Metrô de São Paulo é conhecido pela sua excelência quando se trata de ações preventivas, ou seja, os reparos que são feitos de forma programada para verificar a condição de suas instalações e efetuar reparos ante à indícios de falhas futuras.

Para alguns serviços especiais são necessários maquinários específicos e pesados. No caso da via permanente alguns veículos auxiliam na execução das manutenções antes, durante e na finalização dos serviços. Para melhorar ainda mais as condições para a manutenção da via, o Metrô pretende comparar um novo equipamento.

Novo equipamento para Via Permanente

O novo maquinário que será adquirido pelo Metrô é um veículo ferroviário para nivelamento, alinhamento e socaria de lastro (tanto em via corrida como em AMV). Esses serviços geralmente são feitos durante a fase de finalização da manutenção da via, de forma que os trilhos se mantenham em boas condições evitando alterações nas condições geométricas do traçado. Como consequência existe menor desgaste do material rodante e viagens mais suaves, uma vez que os solavancos são amenizados quando a via está em boas condições.

Tendo em vista a natureza do equipamento é possível presumir que sua atuação será restrita a pátios e vias da Linha 3-Vermelha, onde os trilhos e dormentes são assentados em lastro britado. O equipamento deverá ser autopropelido utilizando um motor de combustão. As funções de natureza técnica deverão ser executadas de forma automatizada e precisa.

Valor, prazo e escopo

A compra do equipamento se dará por pregão eletrônico, em que as empresas deverão ofertar seus lances para a venda do equipamento. O valor mínimo entre os lances é de pelo menos R$ 300 mil. O Metrô não divulgou o orçamento para a aquisição do equipamento. O critério de seleção será a oferta do menor preço.

A data para a realização do pregão será no dia 20 de maio de 2021 às 9h. O prazo do contrato é de 24 meses, sendo 18 meses contados para que o equipamento seja entregue ao Metrô.

Informações disponibilizadas nos anexos indicam que o equipamento não deverá ser projetado de forma exclusiva, ou seja, o maquinário deverá ter seu projeto já testado e em atuação no mercado. Documentação técnica será exigida como forma de comprovação do fornecimento do material para outras empresas.

O fornecimento do novo equipamento se dará em três etapas. Observe a cronologia na imagem abaixo:

Etapas da entrega do equipamento (CMSP)

Conclusão

A compra de novos equipamentos para o Metrô sempre é bem vinda. A opção por adquirir um equipamento que já tenha sido utilizado no mercado ferroviário comprova o compromisso em se obter um material de qualidade e confiabilidade comprovadas. A já renomada manutenção do Metrô ficará ainda melhor com a chegada de mais um veículo em sua frota.

Total
14
Shares
1 comment
  1. Pesquise um pouco mais este assunto e pergunte ao Metrô o que foi feito dos dois trens esmerilhadores elétricos que praticamente não foram usados……
    Comprar equipamentos para via sempre foi uma festa no Metrô…

Comments are closed.

Previous Post

10 questões sobre o novo Serviço 710, que unirá as linhas 7 e 10 da CPTM

Next Post

Metrô espera chegar a 123 km de extensão e 110 estações até 2026

Related Posts