Destaques Linha 5 Metrô de São Paulo

Estação Santa Cruz da Linha 5-Lilás passa a contar com portas de plataforma

Conforme prometido pelo presidente do Metrô, equipamento iniciou operação fora do horário de pico neste fim de semana
Trem estacionado em Santa Cruz

Desde o sábado, 08 de junho, a Linha 5-Lilás passou a contar com mais uma estação com portas de plataforma funcionando, a princípio fora do horário de pico para testes. Trata-se da estação Santa Cruz, onde é feita a interligação com a Linha 1-Azul e uma das mais movimentadas por essa razão.

O início da operação do equipamento de segurança foi anunciado pelo presidente do Metrô, Silvani Pereira, no Instagram (veja abaixo). Assim como o secretário dos Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy e o presidente da CPTM Pedro Moro, o executivo também tem utilizado as redes sociais para divulgar as novidades da companhia, em linha com a estratégia do governador João Doria (PSDB), também bastante ativo nessas mídias.

Além de Santa Cruz, hoje as portas de plataforma funcionam em Adolfo Pinheiro, a primeira a receber o sistema em 2014, e Brooklin, cuja estreia ocorreu dias atrás. A Bombardier, responsável pelo projeto, já instalou portas em AACD-Servidor, executa trabalhos em Hospital São Paulo e se prepara para iniciar os serviços em Borba Gato, que devem ser ativadas durante o segndo semestre.

A conclusão do projeto, no entanto, ainda deve demorar bastante tempo. Além de cinco estações recentemente inauguradas e que foram preparadas para receber as portas, existem outras seis da primeira fase da Linha 5-Lilás, abertas em 2002 e que não foram projetadas para esse sistema.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Airway