Com Campo Limpo em operação, restam apenas três estações sem portas de plataforma na Linha 5

Estação elevada passou a operar as PSDs de forma plena neste domingo (19). Faltam apenas as estações Vila das Belezas, Giovanni Gronchi e Santo Amaro para concluir projeto
Portas de plataforma quando foram entegues em Campo Limpo (STM)

A estação Campo Limpo é a mais nova parada a contar com portas de plataforma em operação na Linha 5-Lilás. O anúncio foi feito pelo presidente do Metrô, Silvani Pereira, neste domingo (19).

Com isso, restam apenas três estações ainda sem o dispositivo de segurança: Vila das Belezas, Giovanni Gronchi e Santo Amaro, todas elas elevadas.

Santo Amaro é a que ainda tem trabalhos mais atrasados, mas a meta do governo é concluir o projeto de instalação nas 17 estações do ramal até dezembro.

A próxima estação a contar com as PSDs deverá ser Vila das Belezas, que já tem as fachadas instaladas. O trabalho é realizado pela Alstom, empresa que assumiu a fabricante Bombardier no começo do ano.

Primeira estação em 2014

A implantação das portas de plataforma faz parte do contrato que a Bombardier assinou com o Metrô e que inclui o sistema de sinalização CBTC, que substituiu o ATC. A ideia original é que toda a nova extensão fosse aberta já com as portas de plataforma, mas apenas Adolfo Pinheiro foi aberta com o equipamento funcionando, em 2014.

Em 2017, com o atraso na instalação, as estações da segunda fase foram inauguradas com as plataformas abertas, algumas sem qualquer estrutura de PSD enquanto Brooklin contava apenas com parte das fachadas.

Aos poucos, a empresa conseguiu resolver os gargalos e empreender um cronograma mais confiável de trabalhos.

Total
8
Shares
Previous Post

Estação de Campo Limpo Paulista será totalmente reconstruída

Next Post

Linha 15-Prata volta a transportar mais de 2 milhões de passageiros em um mês

Related Posts