CPTM atualiza a comunicação visual na estação Palmeiras-Barra Funda

As mudanças já foram implantadas nas estações Jundiaí, Lapa e Rio Grande da Serra. O novo padrão melhora a legibilidade e simplifica a identidade das linhas
Linha 7-Rubi com nova comunicação visual (Jean Carlos)

A CPTM implantou um novo modelo de comunicação visual na estação Palmeiras-Barra Funda. As plataformas da Linha 7-Rubi receberam as novas placas que estão dentro do novo padrão estabelecido entre as empresas de transporte.

A comunicação visual nas estações é parte fundamental dos elementos de informação ao passageiro. Através das placas e indicações o usuário do transporte pode se localizar no espaço e otimizar a sua experiência de viagem.

Além das novas indicações nas plataformas, no mezanino também foram instaladas novas indicações em cor neutra, padrão utilizado para as áreas comuns de estações de integração. Confira as mudanças:

As novas placas predominam a cor principal da linha com a presença de uma faixa branca que separa as informações. Nos painéis que indicam o destino das plataformas constam as principais estações onde há integração com suas respectivas linhas.

Também há a indicação de numeração da plataforma em placas quadradas. O nome da estação fica em destaque com a simplificação dos elementos, possibilitando uma leitura mais rápida.

No mezanino placas de cor branca indicam a integração com outras linhas do sistema e outros pontos de interesse como o posto de “Relacionamento com o Passageiro” da CPTM.

As melhorias na comunicação deverão ser implantadas gradualmente em todas as linhas de trens metropolitanos e metrô.

Total
1
Shares
6 comments
  1. Mas já mudou o padrão de novo? A CPTM não conseguiu nem aplicar aquele vermelho com a faixa na cor da linha em todas as estações e já voltou pro padrão antigo? Que piada.

    1. Sim, o padrão da STM mudou em 2021. Já está assim em algumas estações da linha 8 e 9 da Via Mobilidade. As estações Saúde, Carrão e agora Barra-Funda estão mudando. Mas diga-se de passagem, esse padrão é muito melhor.

      1. Eu gosto, mas o anterior era muito mais bonito. Nesse, a cor da linha nunca é a “real”. Vide Linha 11 Coral que é a mesma coisa que a Linha Laranja será, a Linha Safira que é toda azul como o metrô.

        1. Particularmente, também preferi mais as placas atuais. No caso do 710, reparei que no caso de Barra Funda, Lapa e Jundiaí utilizou-se pela cor Rubi (enquanto em Rio Grande da Serra já estão usando as cores azul-turquesa). No caso da L10 – mesmo algumas estações estão identificadas apenas pela cor turquesa, sem faixas (como em Ipiranga, Utinga e Mauá), o que também permite a identificação da cor da linha – e que particularmente acho bem bacana também.

  2. Tenho passado pela estação Barra Funda e o novo padrão de comunicação visual ficou bem legal.

    Na plataforma sentido Rio Grande da Serra já colocaram as integrações em Tamanduateí, Brás, Luz (que são as estações de transferência com as demais linhas do sistema).

Comments are closed.

Previous Post

Metrô distribuirá 22 novos trens da Linha 2-Verde em quatro locais

Next Post

Metrô recebe três propostas para construir novo túnel de ligação entre Consolação e Paulista

Related Posts