CPTM contrata empresa para alterar os avisos sonoros em trens e estações

Empresa Zanna é a mesma que realizou serviços que resultaram na mudança da comunicação sonora na Linha 4-Amarela, operada pela ViaQuatro
Composição da série 9000 (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A CPTM tem realizado uma série de mudanças na sua comunicação sonora ao longo dos últimos anos. Essas alterações têm como objetivo a melhoria na interação e na forma de comunicar aos passageiros as informações mais pertinentes em suas viagens diárias. Alterações simples como a troca do termo “usuário” por “passageiro” são uma forma de humanizar mais o serviço e criar uma atmosfera cada vez mais acolhedora.

Outra mudança recente nos avisos sonoros foi a inclusão das versões bilíngues na comunicação. Dentro dos trens os passageiros recebem avisos tanto em português como em inglês, facilitando a viagem dos passageiros estrangeiros.

Recentemente a CPTM fechou um contrato para a gravação de avisos públicos que serão veiculados em trens e estações. A empresa contratada foi a Zanna Agência de Som Ltda. que recebeu um valor de aproximadamente R$ 50 mil pelo serviço. O prazo para a realização das gravações é de 30 dias.

Os avisos sonoros ainda não são totalmente padronizados na CPTM (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A escolha da empresa é bastante peculiar e traz questionamentos importantes. Um dos pontos a ser destacado é que a mesma empresa realizou serviços de sound branding para a ViaQuatro há alguns anos, serviço este que alterou completamente a comunicação sonora na Linha 4-Amarela de forma que a mesma ganhasse uma tematização musical personalizada.

Apesar de a CPTM não dar sinais de que pretende atingir a mesma profundidade, é importante considerar que a mudança poderá trazer um ar diferente para a comunicação da empresa que está buscando modernizar seus processos, sobretudo a interação com os passageiros.

Outro ponto importante é a padronização. Não são todos os trens que possuem os avisos bilíngues, o que pode gerar uma certa sensação de confusão por parte dos passageiros que se deparam com diversos tipos de avisos sonoros. A padronização da comunicação, seja visual, seja sonora, é fundamental para que a CPTM possa consolidar a sua “marca”.

Não há informações sobre se a empresa contratada realizará a gravação dos avisos para toda a malha atual da CPTM. Cabe lembrar que a assunção definitiva das linhas 8 e 9 pela ViaMobilidade deverá ocorrer até o final de janeiro de 2022, o que abre espaço para que a mudança também seja aplicada nos ramais concedidos.

Total
13
Shares
Previous Post

Parecer técnico do MP não traz novidades sobre causas do incidente com o monotrilho

Next Post

ViaMobilidade começa a remover passarela que desabou na estação Santo Amaro

Related Posts