CPTM marca seus 30 anos com novos uniformes e avisos sonoros

Fundada em 1992, companhia apresentou novidades que reforçam a mudança de visão da empresa focada no melhor atendimento ao passageiro
Apresentação dos novos uniformes da CPTM (Jean Carlos)

A CPTM apresentou na quinta-feira (10) os novos uniformes que serão utilizados pelos funcionários da operação e pelos maquinistas, como o site antecipou. Além das novas vestimentas, a companhia também exibiu uma mudança nos avisos sonoros de trens e estações. As ações que dão ênfase em uma “nova CPTM” fazem parte das mudanças da companhia que completa 30 anos em 2022.

O evento de apresentação dos novos uniformes ocorreu na estação Aeroporto-Guarulhos da Linha 13-Jade. Foi montada uma passarela para a exibição dos uniformes utilizados atualmente pela companhia nas áreas de manutenção e segurança. 

A novidade foi apresentada no final do evento. Os novos uniformes para os funcionários de operação que atuam nas estações e também para os maquinistas. Os novos uniformes basicamente consistem de blusa cinza com gola e a parte central preta.

Os uniformes apresentam leves variações de tamanho nas versões feminina e masculina. Foi dado um destaque especial em preto na região dos ombros para distinguir os supervisores, funcionários experientes que geralmente atuam em um conjunto de estações.

Os uniformes também foram apresentados em sua versão de inverno. O complemento foi feito com uma jaqueta de cor predominantemente cinza. Existem duas versões do uniforme de inverno, uma com a presença apenas de ziper e sem bolsos e outra com o acréscimo de botões e bolsos nas laterais.

Os novos avisos sonoros foram produzidos pela empresa Zanna, bastante conhecida no meio e com diversos trabalhos em sistemas de metrô. A nova identidade sonora da CPTM foi implantada inicialmente nos trens e estações da Linha 13-Jade.

A sonorização combina os sons do violão e da guitarra com uma voz feminina de tom suave. Segundo a CPTM, “o conceito da nova sonoridade prioriza a conexão com o passageiro, com linguagem informal, acessível e direta, adequada ao cotidiano das pessoas que circulam pelas linhas.”

As novas gravações foram realizadas tanto em português como também em inglês. O gongo que precede os avisos foram alterados pelos sons de instrumentos musicais. A ideia da CPTM é de que cada tipo de aviso tenha uma sonoridade diferente de forma que o passageiro possa identificar o tipo de mensagem. 

As mensagens podem ter cunho “institucional (campanhas educativas e de orientação), operacional (indicação de estações, horários e alertas) e situações de anormalidades (interferência na circulação e serviços de manutenção temporário)”

No geral as mudanças são bastante positivas para a companhia que, em meio a um cenário de “concorrência”, busca imprimir uma imagem positiva de seu serviço atuando com mais cordialidade e humanismo na linha de frente, onde os passageiros têm o primeiro contato com a empresa.

Total
24
Shares
5 comments
  1. É claro, nosso péssimo governador politiqueiro precisa continuar torrando o dinheiro do pagador de impostos para fingir que faz algo. Como sempre, o modus operandi criminoso e demagogo do PSDB gerando frutos. E quem perde, como sempre, são os coitados que precisam de infraestrutura básica e qualidade de vida.
    Enquanto isso, os trens da CPTM possuem falhas diárias, superlotação e outros problemas estruturais que perduram há décadas…

    1. Mas falando em “décadas” a CPTM se comparada à década de 90 mudou da água pro vinho.

      Espero que essa nova fase seja próspera e longa, é uma boa empresa para SP. Que essa fase também não seja a última como foi a fase III de pinturas da Fepasa.

  2. É isso ai CPTM, investe em novos uniformes e novos avisos sonoros, enquanto tem cadeirante sendo carregado porque a estação não é acessível, ou se molhando ao sair dos trens porque a estação mal tem cobertura. Sem contar as falhas e demais problemas

    1. funcionario precisa de uniforme para trabalhar e os avisos sonoros precisam realmente atingir o objetivo de ser claro e objetivo com o usuario. diria até mais, acho que toda a comunicaçao sonora deveria ser padronizada em qualquer linha de trem e metrô. a do metrô acho a melhor entre todas, deveria ser o padrao no resto, no meu entendimento. achei besteira toda essa pompa para apresentar isso, mas que é necessario, isso é.

      a raiz dos principais problemas não só da CPTM , mas de todo o transporte publico está muito acima da uma apresentação de novos uniformes e avisos sonoros. diria q está na estratosfera.

  3. Tem gente que só sabe reclamar hein, se fosse uma reportagem dos funcionários reclamando das condições dos uniformes (que estavam velhos, não funcionais, etc.), ia ter reclamação que a CPTM negligencia o bem-estar dos colaboradores. A CPTM tem SIM muitos problemas, mas essa pequena atitude motiva um pouco os funcionários a trabalharem melhor, quem não gosta de ter um uniforme novo? É um pequeno começo, mas acredito que a CPTM vai sim melhorar, visto a grande evolução desde a sua fundação.

Comments are closed.

Previous Post

Extensão das linhas 11 e 13 até Barra Funda pode ficar para 2025

Next Post

Questionado, governo Doria diz que Linha 13-Jade ganhará portas de plataforma

Related Posts