Destaques Linha 4

Licitação da Linha 4-Amarela é suspensa pelo Tribunal de Contas

Resultado da licitação da conclusão da fase 2 iria ocorrer nesta quinta-feira, 17
Estação Oscar Freire da Linha 4 deve ser uma das primeiras a ficar pronta
Estação Oscar Freire da Linha 4 deve ser uma das primeiras a ficar pronta
Estação Oscar Freire da Linha 4 deve ser uma das primeiras a ficar pronta
Estação Oscar Freire da Linha 4 deve ser uma das primeiras a ficar pronta

Uma decisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo suspendeu a abertura das propostas para a conclusão da segunda fase das obras da Linha 4-Amarela. Segundo o Diário Oficial, a razão será divulgada nesta quinta-feira, data prevista para ocorrer a licitação.

Com esse novo adiamento, a conclusão da obra sofre mais um atraso. A data original de abertura das propostas ocorreria em 11 de fevereiro, mas foi adiada a pedido do Banco Mundial, fiador da obra.

A Linha 4-Amarela está com as obras paralisadas desde meados de 2015 (embora já estivesse em ritmo lento desde 2014). O consórcio vencedor da primeira licitação, Isolux-Corsan-Corviam iniciou as obras em 2012, mas entregou apenas uma estação, Fradique Coutinho, das cinco previstas.

No início de 2015, o governo do estado pressionou o consórcio a retomar o ritmo após reportagens denunciarem os canteiros parados. As construtoras culparam o Metrô por não repassar projetos e aumentar os custos. No fim, elas se comprometeram a concluir duas estações – Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie – e desistiram do pátio e estação Vila Sonia e São Paulo-Morumbi.

Desde março do ano passado, o governo fala em uma nova licitação que acabou incluindo as duas estações prometidas já que o consórcio continuou a manter o ritmo lento sendo afastado pelo Metrô.

Quando forem retomadas, as obras devem ser rápidas nas duas estações na região da Paulista – cerca de um ano a um ano e meio para finalizá-las. Já São Paulo-Morumbi e Vila Sonia devem ficar prontas apenas no final da década.

Leia no Lulica
Quarentena à inglesa e à brasileira 7/7/2020

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Airway