Linha Uni faz simulação de detonação de rochas em canteiro de futura estação da Linha 6

Detonações devem começar a ocorrer nas próximas semanas, segundo concessionária
Profundidade do primeiro poço é grande
Poço da estação Freguesia do Ó (GESP)

A concessionária Linha Uni, gerida pela empreiteira espanhola Acciona, e responsável pela construção e futura operação da Linha 6-Laranja do Metrô, fará nesta quinta-feira, 11, uma simulação da atividade de desmonte de rocha no canteiro da futura Estação Freguesia do Ó.

Com duração prevista de 30 minutos, iniciando às 16h, o simulado, de acordo com o consórcio, é importante para que a população local conheça e identifique os avisos sonoros da atividade, e também esteja atenta e preparada. 

As detonações deve começar em algumas semanas e deve se estender por todo o ano no trecho norte da obra. O desmonte de rocha é uma técnica empregada para quebrar a rocha e possibilitar o avanço da escavação e normalmente utiliza explosivos de forma controlada para isso.

Durante a tarde, será possível ouvir sirenes onde os moradores e comerciantes da região poderão reconhecer os sinais sonoros e estar preparados para os procedimentos de segurança.

Etapas:

1° toque: 20 minutos antes da atividade. Duração: 30 segundos contínuos

2° toque: 5 minutos antes da atividade. Duração: 60 segundos contínuos 

3° toque: 60 segundos contínuos para autorização do desmonte de rocha

Após a realização do desmonte de rocha, as vias que estavam bloqueadas serão liberadas.

Os trechos de interrupção serão:

Sentido centro-bairro – A interrupção será na Av. Santa Marina x Rua da Balsa, desviando o tráfego para a Av. Nossa senhora do Ó – Rua Cajati – Rua Antônio Pires e Rua Ribeiro de Morais

Sentido bairro-centro – A interrupção será na R. Bonifácio Cubas x R. Ribeiro de Morais e o tráfego será represado na Rua Bonifácio Cubas

O canal do Youtube iTechdrones, parceiro do site, esteve sobrevoando os canteiros da região que mostram os primeiros trabalhos no sentido do pátio Morro Grande.

Total
1
Shares
Previous Post

CPTM abre licitação para novo túnel de ligação com o Metrô na estação Luz

Next Post

Plano de ações do Metrô em 2021 traz mais metas difíceis de cumprir do que factíveis

Related Posts