Destaques Linha 15 Linha 5

Novas estações do Metrô movimentaram meio milhão de passageiros em abril

Número inclui a operação assistida das novas estações do monotrilho e também de Moema, além da operação comercial de Eucaliptos, ambas da Linha 5
Passageiros desembarcam e Eucaliptos

Se há quem duvide da importância do transporte sobre trilhos numa grande metrópole como São Paulo, os dados a seguir demonstram que a resposta é um sonoro sim. O site somou o movimento de passageiros de seis das oito estações de metrô inauguradas pelo governo do estado em 2018 e chegou a um número impressionante: nada menos que 496 mil pessoas passaram por elas no mês de abril.

O dado é mais significativo ainda porque a maior parte delas está na chamada operação assistida. É o caso das quatro estações da Linha 15-Prata, abertas no dia 6 de abril – São Lucas, Vila Tolstói, Camilo Haddad e Vila União. Somadas às entradas de visitantes na estação Oratório, esse trecho do monotrilho transportou 51,2 mil pessoas entre a data de inauguração e o dia 16 de maio, média diária de 2.133 passageiros. A mais movimentada é Vila União, atual  estação terminal com 14 mil usuários no período. Como o horário permanece das 10h às 15h os trens fizeram no máximo 66 viagens no trecho. A expectativa é que esse horário seja ampliado em breve e que em julho a linha ganhe mais uma estação, Jardim Planalto, antes aguardada para abril.

Outra estação aberta em abril foi Moema, da Linha 5-Lilás. Nesse caso, no entanto, a operação assistida é realizada apenas por um trem que vai e volta até Eucaliptos das 10 horas às 15 horas. Mesmo assim, em 28 dias de funcionamento, o pequeno trecho transportou quase 95 mil passageiros mais de 5,1 mil viagens, com média diária de 3.375 usuários transportados. Os números só não são maiores porque a operação comercial da linha está prejudicada pelos intervalos maiores entre trens causados pela forma como a estação Eucaliptos está sendo atendida hoje.

Por falar nela, é de Eucaliptos o dado mais ilustrativo. De acordo com dados obtidos pelo site, a estação em frente ao Shopping Ibirapuera movimentou nada menos que 405 mil pessoas em abril. A média em dias úteis foi de 17 mil pessoas, ou seja, muito próxima do movimento estimado pelo Metrô, de 20 mil passageiros/dia. Diga-se de passagem, que esse número deverá crescer muito afinal além do intervalo mais alto praticado hoje esse movimento só vem de um sentido, a Zona Sul de São Paulo. Quando a Linha 5 for conectada à Linha 1 e 2, o que deve ocorrer em julho, haverá uma enorme demanda vinda de outras regiões da Grande São Paulo também.

O crescimento do atendimento provocado pelas novas estações é maior do que o demonstrado aqui afinal as paradas Higienópolis-Mackenzie e Oscar Freire também trouxeram novos usuários. Os dados, no entanto, não são divulgados pela concessionária ViaQuatro.

Veja também: Secretário dos Transporte Metropolitanos fala sobre os planos do Metrô e da CPTM

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

6 Comentários

Click here to post a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  • Ricardo, sabe me dizer quando Moema entrará em operação comercial?

    Já passou mais de 30 dias desde a inauguração.

    Att.

    • Olá, Reinaldo, tudo bem? Deve demorar, infelizmente. Moema foi aberta às pressas e agora para que ela entre em operação comercial depende da abertura das demais estações. Possivelmente vão ampliar o horário em breve mas ainda em operação assistida.

  • Agora que fica a grande dúvida, essas inaugurações foram eleitoreiras, as estações foram inauguradas incompletas, mas pelo volume de pessoas transportadas e um horário bem restrito, acaba mostrando que são bem úteis e que se fosse esperar tudo ficar pronto quantos milhões de passageiros deixariam de ser transportados

  • “Se há quem duvide da importância do transporte sobre trilhos numa grande metrópole como São Paulo !”
    Nao entendi esse inicio d reportagem, pois somente um residente em outro planeta nao entenderia da importancia vital sobre o transporte via trem nesta cidade suja, feia e inabitavel d Sao Paulo com seus milhoes d invasores . ka..ka..ka..

  • Vai passando despercebido por todos, mas a conexão com as linhas azul e verde não era agora em Maio??? É exactamente disto que ninguém aguenta mais (os atrasos do governador). Isto explica porque Geraldo Alckmim tem 6% de intenção de votos e uma rejeição gigantesca.

  • Fico me perguntando quando será aberta a estação São Mateus.
    Hoje a população que sai do extremo Leste, gasta mais de uma hora para chegar no metro penha.
    Quando abrir a estação São Mateus do monotrilho, ai sim irá subir a quantidade de usuários nas novas linhas.
    E com certeza vai desafogar a linha vermelha, mas em contra partida, linha verde será a mais cheia em horário de pico

Posts mais compartilhados

AUTOO