Canteiro de obra da Coesa na Marginal Pinheiros começa a ser instalado

Avatar
Empresa responsável pelas obras civis da Linha 17-Ouro se prepara para iniciar lançamento das vigas-trilho do ramal nas próximas semanas
As instalações da Coesa na Marginal: preparativos para o lançamento de vigas-trilho (Caio Lobo)

O presidente do Metrô, Silvani Pereira, postou neste sábado, 03, imagens do canteiro de obras da Coesa Engenharia na Marginal Pinheiros, onde a empresa iniciará em breve o lançamento das vigas-trilho. Esta é a única parte da Linha 17-Ouro onde as vigas ainda não foram instaladas e cuja instalação é mais complexa.

De acordo com Silvani, as vigas guias pesam em torno de 90 toneladas, têm altura de 2,2 m, largura de 0,80 m e comprimento de 30 m. O presidente do Metrô afirmou também que elas serão içadas por pórticos que ainda serão construídos na pista expressa da Marginal.

As vigas serão transpostas da Marginal Pinheiros passando sobre a rede aérea da Linha 9 – Esmeralda, da CPTM, em uma altura de 15 metros, onde serão acopladas a um sistema chamado de treliça lançadeira, e que transportará as vigas até os apoios.

Segundo outra postagem de Silvani em março, todas as vigas-trilho estão prontas, ou seja, foram finalizadas pelo consórcio anterior. Além da Marginal, a Coesa também lançará essas estruturas no pátio Água Espraiada no futuro.

As vigas-trilho da Linha 17 foram fabricadas ainda nos tempos do consórcio anterior (CMSP)

A princípio serão construídos dois pontos de entrada para as vigas, um ao lado da ponte do Morumbi, e outro a cerca de 600 metros da estação Morumbi da Linha 17, onde existirá um ‘track-switch’, aparelho de mudança de via.

Todo o trecho possui cerca de 2 km de extensão, incluindo aí a estação Morumbi, que foi concluída sem as vigas-trilho instaladas. A meta do Metrô é concluir toda a obra civil até o final de 2022.

Total
20
Shares
5 comments
  1. Aparenta ser uma obra relativamente tranquila essa da linha 17 ouro. Esperamos que dê certo para ser entregues no primeiro semestre de 2023 este primeiro trecho e futuramente possa ser estendida ao Jabaquara.

    1. Espero que tu tenhas sido sarcastico, pois uma obra que está a mais de uma decada para ser finalizada, não está nada tranquilo. E olha que é mais facil e barato do que metro subterraneo. Mas tenhamos fé que antes de 2040 ela seja entregue!

  2. Parece factível o prazo pro final de 2022. Falta pouco pra concluir a obra bruta das estações. E com a fabricação dos trens liberada, há tempo pra que ela possa operar em 2023. Torçamos.

  3. Chega ano de eleição, o PSDB inaugura.É só assim mesmo e o povo não vê!

  4. o monotrilho se mostrou uma opçao viavel, barata e rapida de modal de trasnporte e deveria ser melhor explorada. o que atrasa sao os problemas juridicos e mal planejamento financeiro, que elevam os gastos e tempo de construçao. mas fora isso, é uma boa opçao sim.

Comments are closed.

Previous Post

Apesar de 2020 difícil, Metrô de SP garante mais de R$ 7 bilhões em benefícios para a sociedade

Next Post

Metrô afirma que trajeto da Linha 15-Prata até Ipiranga não está definido

Related Posts