Conferimos as obras de reforma das estações São Caetano e Utinga

Proposta da CPTM é entregar a reforma das estações da Linha 10-Turquesa no primeiro semestre de 2023; investimento das melhorias é da ordem de R$ 52 milhões
Melhorias da estação Utinga (Jean Carlos)

A Linha 10-Turquesa, conhecida por possuir muitas estações antigas, tem recebido intervenções da CPTM para adequar as paradas a um nível de acessibilidade e conforto exigidos pela legislação.

O site conferiu o avanço das obras nas estações São Caetano do Sul e Utinga no último dia 07. As melhorias estão sendo realizadas de forma gradual sem a interrupção da operação.

Na estação de São Caetano é possível constatar uma série de ações no piso da estação. Na plataforma 6 a superfície está coberta por ranhuras, o que pode indicar a instalação de novos pisos.

A cobertura em alguns pontos foi removida para ser reinstalada futuramente, enqunato que em alguns locais já é possível ver parte das novas estruturas montadas. Também seguem as melhorias nos acessos e a construção de novas edificações.

Na estação Utinga já está ocorrendo o início do alteamento do piso da estação. O processo foi iniciado pela plataforma sentido Jundiaí na extremidade sul.

As saídas da estação também estão sendo readequadas. A passarela de transposição entre as plataformas, que atualmente é utilizada apenas para quem está na área livre, está passando por melhorias.

O contrato das estações São Caetano e Utinga é de responsabilidade do Consórcio Lopes Kalil-Leman que é formado pelas empresas Lopes Kalil Engenharia e Comercio Ltda., e a Lemam Construções e Comércio S.A. As empresas também são responsáveis pela adequação das estações Prefeito Saladino e Capuava. 

O custo do contrato para a readequação das estações de São Caetano do Sul e Utinga foi de R$ 52,2 milhões. O prazo contratual é de 30 meses, sendo 18 meses para obras e 12 meses para a operação assistida.

Total
13
Shares
Previous Post

A poucos dias de “estreia real”, estação Mendes-Vila Natal ganha mais trilhos

Next Post

Situações como portas abrindo do lado errado do trem motivam nova multa a ViaMobilidade

Related Posts