Confira onde ficará a estação Vila Augusta em Guarulhos

Parada será a terceira da Linha 19-Celeste dentro no município de Guarulhos. Estudos indicam que ela deverá atender até 15 mil passageiros por dia
Estação Vila Augusta deverá atender até 15 mil passageiros por dia (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Dentre os principais estudos para a expansão da rede metroviária, a Linha 19-Celeste é aquela que tem as maiores chances de sair do papel. Através da assinatura da execução do projeto básico uma nova janela se abre, fazendo com que em poucos anos as tão esperadas obras do metrô de Guarulhos possam ser licitadas.

Em nossa terceira matéria sobre as estações da Linha 19-Celeste na cidade de Guarulhos abordaremos a estação Vila Augusta. Ela estará situada entre as estações Dutra, que fará integração com a Linha 2-Verde, e a estação Guarulhos, localizada no centro da cidade.

Localização da Estação Vila Augusta (CMSP)

A estação está prevista para ser construída na Rua Antônio Iervolino próximo a junção entre a Avenida Guarulhos e a Avenida Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco. A estação contará com três acessos posicionados de forma estratégica que poderão atender com facilidade os passageiros provenientes ou destinados à nova parada.

A estação Vila Augusta terá o papel de promover o atendimento à população local além de se integrar com os serviços sobre pneus. Os ônibus municipais e os intermunicipais gerenciados pela EMTU deverão contar com estruturas dedicadas, deste modo ampliando a capacidade de alimentação e dispersão dos passageiros.

Mezanino da Estação Vila Augusta (CMSP)

Baias para carros e táxis também estão previstas. Para incentivar ainda mais a sustentabilidade, a estação deverá contar com um bicicletário permitindo aos passageiros mais uma alternativa de deslocamento.

O método construtivo adotado para a estação Vila Augusta deverá ser o VCA, conhecido como Vala a Céu Aberto. A profundidade estimada da estação é de 24 metros. A demanda prevista para estação, segundo os estudos realizados no projeto funcional, será de 15 mil passageiros diários.

Corte da Estação Vila Augusta (CMSP)

Nota do editor: as informações acima são preliminares, ou seja, poderão sofrer alterações e readequações após a conclusão do projeto básico.

Total
22
Shares
3 comments
  1. Governo do Estado deve correr com esses estudos… Correr com as desapropriações, tem vários terrenos que estão em processo de implantação de empreendimentos imobiliários, se não me engano parte dessa estação ocupa o terreno da antiga fábrica da Rayovac, lá também há indícios de implantação de novo empreendimento privado…

Comments are closed.

Previous Post

Metrô conclui içamento de vigas de trecho após Vila Prudente da Linha 15

Next Post

Tatuzão da obra da Linha 2-Verde tem ordem de serviço assinada

Related Posts