CPTM Destaques Linha 10 Linha 11 Linha 7

CPTM fala em levar Expresso Leste para a Barra Funda e Linha 10 para a Luz

Possibilidade foi revelada pelo presidente da companhia, Pedro Moro, em palestra em feira de transporte ferroviário
Trem da Série 8500 da CPTM
Trem da Série 8500 da CPTM

O plano de levar a Linha 11-Coral rumo a estação Palmeiras-Barra Funda não está esquecido. Mas para o feito, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM teria que alterar outros dois pontos finais de duas linhas, sendo que o novo cenário agradaria parte dos usuários, e desagradaria outros tantos.

Planos da companhia preveem que a chegada do Expresso Leste na Barra Funda abriria caminho para a CPTM levar de volta a Linha 10-Turquesa até a estação da Luz, o que soaria como música para os ouvidos dos passageiros do ABC Paulista.

A informação foi dada pelo presidente da operadora, Pedro Moro, durante palestra em uma feira do setor. Mas se a notícia agrada parte dos usuários certamente desagrada outros.

A estação terminal da Linha 7-Rubi ficaria também na Barra Funda, o que já causou posts de indignação por parte dos passageiros que utilizam a ferrovia que vem de Jundiaí, Francisco Morato e Franco da Rocha. A partida do trem da Linha 7 em Barra Funda casaria com a intenção de ter o ponto inicial dos trens Intercidades também na estação que da nome ao “Verdão”.

Recentemente o site revelou que existem planos de conceder à iniciativa privada a Linha 7 junto aos trens de médio percurso, sendo que o Trem Intercidades entre SP e Campinas seria um serviço expresso da ferrovia que abriga os trens metropolitanos.

O projeto de trem regional prevê a primeira ligação entre São Paulo, passando por Jundiaí, Campinas e Americana.

Para colocar seu plano em prática, a CPTM deveria retomar o contrato de implantação do sistema de sinalização CBTC – Communications-Based Train Control, em português, sistema de Controle de Trens Baseado em Comunicação.

Em 2009 foi assinado um contrato de € 280 milhões com um consórcio formado pelas espanholas Dimetronic e Infoglobal e pela brasileira MPE Montagens e Projetos Especiais, prevendo a implantação do novo sistema que controla os trens nas Linhas 8-Diamante, 10-Turquesa e 11-Coral. Porém a funcionalidade não está operante até hoje. Em 2016 a empresa suspendeu a execução dos contratos em razão de readequação financeira.

Existem também uma informação de bastidores que faltam planos de vias de levar as composições do Expresso leste rumo a Barra Funda, o que poderia oferecer uma segunda opção aos usuários da Linha 3-Vermelha do Metrô.

 

 

About the author

Redação

4 Comentários

Click here to post a comment
  • Por mais absurdo que pareça, eu gostaria de ver isso acontecer, tiraria uma das linhas mais movimentadas e colocaria uma menos movimentada da Luz e poderia deixar de saturar um pouco a Vermelha/Coral, distribuindo o Fluxo, porém isso dá medo também, pois a vermelha pode explodir em números que sem o sistema CBTC (Para reduzir o headway) a linha n ia aguentar

  • Uma dúvida.
    Seria viável unir as linhas 7 e 11 em uma única linha, e assim abrir espaço para levar a linha 10 até a Luz, ou até mesmo à Barra Funda?
    Se não, quais seriam os motivos?

  • Causa-me estranheza e perplexidade as incursões de Dória pelo ABC, a caça de votos com mais um festival de promessas pré-eleitorais que não cumpridas, lembrando que o PSDB está no poder em SP á no mínimo 24 anos, durante este período desde a criação da CPTM, a região só teve perdas, como:

    Desativação da estação Pirelli, Fim dos trens para Santos, Fim dos trens regulares para Paranapiacaba, Fim dos trens regulares para Francisco Morato, Fim dos trens regulares para Barra Funda, Fim do trem expresso Mauá Luz, Fim dos trens regulares para a Luz…

    Mais algumas promessas não cumpridas; Linha 14-Onix, Santo André Guarulhos (Cumbica), Monotrilho Linha 18-Bronze.

    Consta do próprio blog da CPTM (Já do ano de 2013) de que a linha 10-Turquesa possui mais passageiros, mesmo ainda não tendo entrado em operação os monotrilhos da Linha 18-Bronze, e Linha 15-Prata com relação a Linha 7-Rubi, a escolhida para permanecer na Luz.

    Com uma possível volta da ligação Campinas, Jundiaí, Francisco Morato até S.Paulo, com os trens suburbanos, o local ideal para instalação da nova estação terminal S.Paulo dos passageiros procedentes da linha 7 Rubi, seria entre a estação da Luz e a estação Júlio Prestes (antiga Sorocabana) da CPTM, no local do antigo moinho que foi transformado em favela (Bom Retiro) e parcialmente demolido recentemente após incêndio, e que possui grande facilidade de infra estrutura pois os trilhos de ambas estações passam paralelas e a modificações poderiam ser feitas com baixo custo, e são tecnicamente possíveis.

    Que incentivo é este ao uso de transporte público em que se tem de fazer múltiplas baldeações, assim como hoje esta acontecendo com os ônibus procedentes do ABC que tem que fazer no terminal Sacoman para prosseguir até o centro de S.P !?

  • Há uma solução pra isso: Levar a Linha 7 até JPR e fazer a passagem subterrânea LUZ-JPR. É fácil, e nem precisa daquela estação monstrenga do Bom Retiro.

Airway