CPTM Destaques Linha 9

CPTM inicia obras de viaduto após a estação Mendes-Vila Natal, da Linha 9-Esmeralda

Com prazo de construção de 12 meses, viaduto rebaixará leito da estrada dos Mendes e permitirá a ligação das vias férreas até a futura estação Varginha
Parte do trecho da estrada dos Mendes que será rebaixada para construção do viaduto ferroviário. Ao fundo, a plataforma da estação Mendes-Vila Natal (Google)

Pode-se afirmar que a extensão da Linha 9-Esmeralda, da CPTM, no extremo sul da capital paulista, é uma obra com dois cenários distintos. Há o lote 1, que inclui a estação Mendes-Vila Natal e as vias que a ligarão à estação Grajaú, e está na reta final, e o lote 2, uma espécie de “ilha” de atraso, onde pouco se avançou até hoje. Pois o trecho, enfim, deixará de ser a tal ilha a partir desta segunda-feira, 15. É quando a empresa Engibrás, responsável pela construção da estação Varginha, começará as obras de construção de um viaduto ferroviário após estação Mendes.

Com prazo de obras de 12 meses, a construtora rebaixará o leito da estrada dos Mendes, que passa na ponta sul da estação, para permitir a construção do viaduto, que então se ligará ao leito onde estão sendo preparadas as vias até Varginha. Trata-se de uma das poucas obras de arte do projeto, juntamente com alguns viadutos rodoviários, mas só começa a sair do papel agora, que os recursos federais passaram a chegar à obra.

Como já explicado no site, o projeto de extensão da Linha 9, com 4,5 km e duas estações, deverá atrair 110 mil passageiros por dia ao ramal da CPTM. Mas isso já deveria estar ocorrendo desde 2015, segundo as primeiras previsões do governo do estado. As obras tiveram início em 2013 e eram consideradas mais simples do que a construção da Linha 13-Jade, também iniciada na mesma época. Mas o novo ramal ferroviário que liga a região do Aeroporto de Guarulhos com a Zona Leste de São Paulo, ficou pronta em 2018 enquanto a população de Varginha continua esperando sua estação, hoje apenas algumas estruturas desgastadas pelo tempo.

Estação Mendes-Vila Natal: novo viaduto ficará na parte direita, após a cobertura (Oficina do Desenho)

Nem mesmo após corrigir um erro da gestão Alckmin, que impediu o recebimento de verbas federais, a obra do lote 2 avança como deveria. A Engibrás assinou contrato em abril de 2019 e deveria entregar o serviço até o final deste ano pelo prazo original. Agora, o governo estima que Varginha fique pronta em 2022. Ao menos nas últimas semanas os trabalhos no trecho se intensificaram, sobretudo nas vias e no prédio técnico da estação.

Ao menos a estação Mendes-Vila Natal deverá ficar pronta antes e aliviar um pouco a expectativa de quem mora na região.

Leia no Lulica
Como solicitar o passaporte alemão 9/7/2020

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

6 Comentários

Click here to post a comment
  • Finalmente está chegando, hehe.
    Se eu entendi direito, a Estrada dos Mendes (onde hoje é a travessia velha da Linha Férrea) passará por baixo do viaduto para continuar até a região do Palmares, certo?

    • Porque passagens de nível causam muitos acidentes devido a imprudência de carros e pedestres fora também diminui a velocidade dos trens. A Linha 9 Esmeralda tem padrão metrô pois é a única da CPTM que não possui nenhuma passagem de nível.

    • Desnecessário. Com o alto fluxo dos trens e dos veículos nessa região, vai ser uma porcaria. O melhor é o viaduto, mesmo.

Airway