CPTM recebe os primeiros trens da Série 8000 reformados após colisão em Barueri

Acidente que ocorreu em 2017 na estação Barueri causou danos em duas composições. Os primeiros quatro carros voltaram após reparos
Composição da série 8000 sendo recebida em Presidente Altino (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A CPTM recebeu nesta quarta-feira (21) os primeiros quatro carros da Série 8000 que foram reformados após uma colisão que ocorreu na estação de Barueri da Linha 8-Diamante. O choque ocorreu no ano de 2017 e desde então partes das duas composições envolvidas estavam imobilizadas aguardando reparos técnicos.

O acidente envolveu as composições identificadas pelos prefixos de S112 e S052. A primeira das composições estava prestando serviço com passageiros no momento do acidente enquanto o segundo trem estaria realizando uma manobra. Segundo as informações apuradas na época, a maquinista responsável pela manobra teria sofrido um mal súbito, não conseguindo parar a composição a tempo do choque.

Composição reformada sendo rebocada por locomotiva (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Com o impacto ambos os trens ficaram danificados, sobretudo nas metades próximas ao local da colisão. A CPTM conseguiu aproveitar as duas metades menos danificadas dos dois trens para formar uma nova composição, enquanto o restante dos carros mais danificados eram imobilizados, ou seja, retirados de serviço enquanto aguardavam reparos.

Os trens mais modernos da companhia são famosos por possuírem grande aparato tecnológico, mas pouco se fala das suas modernas características mecânicas. Os trens são projetados de forma que, quando sofrem impactos severos, sua estrutura se comporte de forma a absorver o impacto da batida. Nesta situação o trem sofre os danos atenuando o choque aos passageiros.

Carro içado em processo de encarrilhamento (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

Após os retrabalhos, os primeiros quatro carros da composição S112 chegaram no pátio de Presidente Altino, que serve as linhas 8 e 9 da CPTM. Os carros foram transportados até o local através de carretas especiais e passaram pelo processo de encarrilhamento, onde as composições são suspensas e colocadas nos trilhos. Confira um pouco do processo no vídeo abaixo.

Os trens da Série 8000 foram adquiridos da empresa espanhola CAF e entraram em operação no ano de 2012. As 36 composições, incluindo as acidentadas em Barueri, serão transferidas para as demais linhas da empresa devido ao processo de concessão das linhas 8 e 9 para a ViaMobilidade Linhas 8 e 9, que neste momento está passando pela primeira etapa da fase pré-operacional.

Não há previsão exata de quanto a segunda metade dos carros acidentados chegará ao pátio de Presidente Altino. Mas muito em breve a CPTM deverá realizar os últimos ajustes para enfim devolver o trem reformado para a operação.

Total
10
Shares
2 comments
  1. Praticamente 4 anos para reformar… Porque demoram tanto para se realizar coisas necessárias para a população???

Comments are closed.

Previous Post

Plataformas da estação Mendes-Vila Natal estão praticamente concluídas

Next Post

CPTM dará início a obras de recuperação do trecho entre Itaquera e Guaianases da Linha 11

Related Posts