Destaques Linha 5

Depois de várias semanas, Linha 5-Lilás volta a ter testes do CBTC no domingo

Testes para preparar expansão da linha até Chácara Klabin serão retomados pela Bombardier após intervalo de 50 dias
Estação Moema da Linha 5

Após quase dois meses, a Linha 5-Lilás voltará a ser fechada neste domingo (27) para testes no sistema de controle dos trens, também conhecido como CBTC. Os passageiros que precisarem utilizá-la até às 17 horas serão transportados pelo sistema de ônibus PAESE. Apesar disso, o ramal pode ser aberto antes desse horário, conforme a evolução dos testes.

A retomada dos testes com o CBTC, que ocorreram pela última vez em 8 de abril, é um indício de que o Metrô está preparando a abertura das novas estações em obras. Para ampliar a operação é preciso validar novas versões do software de controle produzido pela empresa canadense Bombardier. O trabalho consiste em verificar se as atualizações no sistema cumprem com segurança a operação dos trens nos novos trechos.

Resta saber se a nova versão do sistema inclui todas as quatro estações em finalização (AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin), se parte delas ou ainda uma evolução da operação da estação Moema, hoje em funcionamento assistido das 10 horas às 15 horas.

Como já dissemos aqui, o Metrô hoje opera a Linha 5 numa configuração mais complexa e que aumentou os intervalos e paradas dos trens para permitir que as composições sigam até a estação Eucaliptos em vias alternadas. Segundo ouvimos de algumas fontes na empresa, o objetivo é preparar a abertura das quatro estações ao mesmo tempo em julho, conforme disse o secretário Clodoaldo Pelissioni em entrevista recente.

Essa posição, no entanto, pode mudar conforme a evolução de várias frentes da obra e mesmo pelo calendário eleitoral – o atual governador Márcio França só poderá participar de inaugurações até o dia 7 de julho. Ao contrário de Santa Cruz e Chácara Klabin, as estações AACD-Servidor e Hospital São Paulo estão praticamente prontas há meses e poderiam ser antecipadas.

Enquanto essa situação não é esclarecida pelo governo, a estação Moema deverá ter sua operação assistida ampliada para 9 às 16 horas em junho, de acordo com uma informação obtida pelo site.

Veja também: Ritmo de obras de Santa Cruz é Chácara Klabin é lento

Acesso da estação AACD-Servidor pronto (CMSP)

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

6 Comentários

Click here to post a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Posts mais compartilhados

AUTOO