Estações Granja Julieta e Belém seguem com bilheterias funcionando até o dia 21

Governo Doria decidiu estender operação parcial dos guichês por uma semana por conta da volta às aulas presenciais no estado
Bilheteria da CPTM

A confusa decisão de encerrar o funcionamento das bilheterias do Metrô e da CPTM até o final do ano teve novo capítulo nesta quinta-feira com o anúncio do postergamento do fim dos guichês nas estações Belém (Linha 3-Vermelha) e Granja Julieta (Linha 9-Esmeralda).

Previstas orginalmente para deixarem de operar nesta sexta-feira, as bilheterias seguirão parcialmente abertas até a próxima quinta-feira, dia 21, entre 06:00 às 10:00 e 16:00 às 20:00, mas no dia seguinte haverá o fechamento em definitivo.

O motivo alegado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos envolve o anúncio do governo da volta das aulas presenciais obrigatórias no estado já a partir da segunda-feira, 18.

“Essa alteração no cronograma é importante para atingir o cidadão que até então estava em casa e pode ainda não ter contato com a informação da substituição das bilheterias. Reforço que a população continua com todo apoio necessário para que essa transição ocorra da melhor maneira possível”, afirmou Alexandre Baldy, secretário de Transportes Metropolitanos.

No entanto, o projeto de troca das bilheterias pelo uso de totens e aplicativos segue às escuras mais de 10 dias após ser revelado. Até agora, a gestão Doria não apresentou o cronograma de fechamento dos guichês na rede metroferroviária, apesar de várias promessas.

A meta, entretanto, segue a mesma: eliminar o serviço até o final do ano, embora Baldy tenha admitido que algumas estações muito movimentadas poderão manter as bilheterias.

Enquanto isso nas redes sociais, há várias postagens de usuários reclamando da indisponibilidade das máquinas de autoatendimento e também do aplicativo TOP, fornecido pela empresa Autopass.

Total
18
Shares
Previous Post

Governo Doria quer pagar R$ 43,7 milhões pela quebra do contrato da Linha 18-Bronze

Next Post

Licitação para novo acesso da estação Paulista tem mais um adiamento

Related Posts