Destaques Linha 7

Linha 7-Rubi recebe mais dois trens da Série 8500

Nova Série já tem 5 dos 35 trens em operação, três deles na linha com mais composições antigas
Apenas os bancos dão impressão de serem menores
Apenas os bancos dão impressão de serem menores
Novo trem da Série 8500: maior frota na Linha 7-Rubi
Novo trem da Série 8500: maior frota na Linha 7-Rubi

A Linha 7-Rubi recebeu nesta quinta-feira (22) mais dois trens da Série 8500, a mais recente da CPTM. Agora são três composições novas operando na linha que é a mais problemática da rede. E durante o evento, o governador Geraldo Alckmin prometeu retirar todos os trens antigos de circulação: “Vamos tirar os trens mais antigos, da década de 50 e trocar por novos”, afirmou.

Maiores e mais velozes, além de mais confortáveis, os novos trens podem retirar mais composições velhas a cada unidade entregue. Como se deslocam com mais velocidade e levam mais gente, eles acabam transportando mais passageiros por viagem do que as unidades antigas como a Série 1100. Existem no momento mais quatro trens em testes, sendo um deles o primeiro entregue e que passa por correções justamente por ter servido como bancada para avaliações pela CPTM.

Salada de trens

O blog conheceu a Série 8500 nesta semana e aprovou o trem. Mais silencioso e bem iluminado, o novo trem é uma boa evolução de outras séries produzidas pela CAF. Apenas os bancos pareceram mais estreitos que antes, mas no geral trata-se de um modelo que deve agradar os usuários. A questão agora é resolver o quanto antes o mix de séries nas linhas como a 12 e a 7. Por terem frotas mais antigas, as duas agora mesclam muitos tipos de trens, o que torna a experiência dos passageiros muito irregular.

Na Linha 12, por exemplo, rodam as séries 7000, 2000, 2070 e 4400, esta a única sem ar-condicionado. Já a Linha 7, embora tenha agora a maior frota da Série 8500, ainda convive com modelos obsoletos como o 1100, 1400, 1600 e 1700. Espera-se que essa situação seja resolvida o mais breve possível.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Airway