Destaques Linha 15

Metrô confirma ampliação do horário de funcionamento das novas estações da Linha 15

Quatro paradas que estão em operação assistida vão abrir às 6 horas e fechar às 20 horas. Cobrança de tarifa começa a valer
Trem do monotrilho estacionado em Vila União

Conforme antecipado pelo site, o Metrô irá finalmente ampliar o horário de funcionamento das quatro estações da Linha 15-Prata inauguradas em abril. A data de início do novo horário, que vai das 6 horas até às 20 horas, é neste sábado, dia 1º dezembro. Havia a possibilidade da mudança ocorrer num dia útil, mas a companhia optou por expandir a operação num fim de semana, quando há menos demanda de passageiros.

Com a mudança, se encerra o período de operação assistida quando os visitantes podiam utilizar o trecho sem pagamento de passagem entre Oratório de São Lucas. A partir deste sábado, haverá cobrança de tarifas nas quatro estações – São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União. Por outro lado isso facilitará a viagem de quem segue para a Linha 2-Verde já que não será mais preciso desembarcar do trem e ir até o mezanino para passar pelos bloqueios.

A longa fase de testes que, inclusive, interromperam o funcionamento da linha por vários dias foi justificada pelo Metrô por conta da complexidade do monotrilho: “Por ser um modal de transporte pioneiro em São Paulo, a Linha 15-Prata passa por uma série de testes programados que permitem o aperfeiçoamento de sua operação. A linha opera com um tipo de sistema de controle de trens (CBTC) totalmente sem operador e, para que o novo trecho seja liberado em período integral, todas as possíveis rotas de circulação dos trens, inclusive no trecho entre Oratório e Vila Prudente e no pátio, precisam ser testadas e aprovadas pelo Metrô e pela fornecedora do sistema, a Bombardier”, diz a nota da companhia.

Ainda segundo o Metrô, o aguardado horário de funcionamento pleno, das 4h40 à meia-noite, deverá ser atingido de forma gradativa. Quando isso ocorrer, espera-se uma demanda bem superior à atual, que está represada não só conta do horário como também do intervalo ainda bastante elevado.

Veja mais: As agruras do monotrilho no Brasil

Linha 15-Prata: atraso e aumento do custo durante a construção
Linha 15-Prata: com horário ampliado, monotrilho deve começar a atender bem mais gente

Posts mais compartilhados

Veja em AUTOO

AUTOO