Metrô contrata empresa para apoio na supervisão da Linha 17-Ouro

O contrato firmado tem duração de 43 meses e prevê o apoio na fiscalização da implantação de sistemas por um valor de R$ 20,9 milhões
Estação Morumbi do monotrilho (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

O Metrô de São Paulo formalizou nesta quarta-feira (1) o contrato para a prestação de serviços técnicos especializados de engenharia para apoio à supervisão, auditoria, fiscalização, inspeção e acompanhamento da implantação da Linha 17-Ouro do monotrilho.

O foco dos serviços contratados será na supervisão da implantação dos sistemas elétricos, eletrônicos, mecânicos e material rodante abrangendo todo o trecho 1, entre as estações Morumbi e Washington Luís/Aeroporto Congonhas.

As atividades contemplam igualmente o monitoramento de atividades no Pátio Água Espraiada, nas estações em construção e na Subestação Bandeirantes.

Segundo o escopo do contrato as atividades possuem grau de complexidade elevada sendo necessário a realização das ações por profissionais experientes de diversas áreas do conhecimento. Tais profissionais fornecerão pareceres técnicos objetivos dentro de normas e técnicas atuais.

O contrato estabelece de forma resumida as principais atribuições delegadas para a empresa vencedora do certame, sendo elas:

  • Coordenação geral das equipes de apoio para fiscalização
  • Auditoria, inspeção e acompanhamento em fábrica de sistemas
  • Fiscalização da montagem e testes de instalação, comissionamento de sistemas e controle de pendências
  • Fiscalização de planejamento e controle
  • Fiscalização da qualidade, meio ambiente e segurança do trabalho
  • Atuações em território nacional e no exterior
Obras da Linha 17-Ouro na Marginal Pinheiros (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

A empresa vencedora do certame foi a INTERTECHNE CONSULTORES S.A. A empresa firmou o contrato com duração estimada de 43 meses, sendo 38 meses (3 anos e 2 meses) dedicados para a execução dos serviços.

Tendo em vista o prazo estabelecido em contrato, a previsão de finalização dos serviços é estimada para fevereiro de 2024. O contrato assinado tem valor de R$ 20,9 milhões e a ordem de serviço para o início das atividades deverá ser emitida dentro de 30 dias.

Total
1
Shares
2 comments
    1. Acabaram com a linha 18 e prometeram um BRT que as obras começariam em novembro de 2021…Pelo visto é mais um engodo eleitoral e a região do ABC vai continuar esquecida.

Comments are closed.

Previous Post

TCE questiona governo Doria sobre supostas irregularidades na megaconcessão de ônibus da Metra

Next Post

Doria terá dezembro cheio de inaugurações e eventos no Metrô

Related Posts