Metrô e CPTM fecham bilheterias das estações Belém e Granja Julieta

Após postergar processo por uma semana, companhias extinguiram guichês nas duas estações da Linha 3-Vermelha e Linha 9-Esmeralda. Cronograma com os próximos fechamentos permanece desconhecido
Bilheteria da CPTM (Felipe Salomão)

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos concluiu nesta sexta-feira (22) o processo de fechamento das bilheterias de duas estações da rede sobre trilhos, Belém, da Linha 3-Vermelha do Metrô, e Granja Julieta, da Linha 9-Esmeralda, da CPTM.

As duas estações são as primeiras a perder a opção de compra de bilhetes com funcionários, parte de um processo que pretende extinguir o serviço até o final do ano – ou ao menos na maioria das estações da rede.

O cronograma havia sido postergado por uma semana devido à volta obrigatória às aulas na segunda-feira, 18. Para substituir as bilheterias, a STM oferece as máquinas de autoatendimento, mas incentiva os passageiros a utilizar o aplicativo TOP, fornecido pela empresa Autopass, ou então adquirir o bilhete em pontos comerciais cadastrados.

O governo Doria decidiu oferecer a emissão gratuita do cartão BOM nas duas estações aos passageiros que utilizam o sistema com frequência ou pagam a passagem com dinheiro. Para isso é preciso apresentar documento com foto nas duas estações e recarregá-lo nos totens.

Cronograma permanece desconhecido

“Nesse momento de adaptação, daremos todo apoio aos passageiros por meio das equipes do ‘Posso Ajudar’, orientando sobre os canais digitais e máquinas de autoatendimento, assim como sobre os pontos de venda no entorno das estações. Importante destacar que o processo de digitalização permite a compra antecipada dos bilhetes QR Code em locais próximos às residências ou durante o trajeto até a estação, além de ter à disposição meios digitais como o aplicativo TOP e WhatsApp”, explicou o novo secretário dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli.

A secretaria voltou a prometer a divulgação das próximas estações que deixarão de ter bilheterias, mas sem estabelecer um prazo para isso, faltando apenas 70 dias para o final do ano, data estipulada para o fim do serviço.

Total
1
Shares
Previous Post

CPTM revoga contrato de supervisão para instalação do sistema ATO

Next Post

Onze anos após o ‘gente diferenciada’, obras da Linha 6-Laranja chegam à Higienópolis

Related Posts