Metrô recebe licença para iniciar operação da estação Jardim Colonial da Linha 15

Companhia comunicou recebimento da licença ambiental emitida pela Prefeitura de São Paulo na semana passada. Inauguração é apontada para o dia 4 de novembro
Estação Jardim Colonial no início de outubro (iTechdrones)

O Metrô de São Paulo já conta com autorização da Prefeitura de São Paulo para iniciar a operação do trecho entre as estações São Mateus e Jardim Colonial, da Linha 15-Prata. A Secretaria do Verde e Meio Ambiente do Município de São Paulo emitiu a Licença Ambiental de Operação (LAO) no dia 13, e que foi recebida oficialmente pela companhia nesta semana.

Essa é uma das últimas etapas legais para que a nova estação do monotrilho possa iniciar seu funcionamento. Outro ponto crítico é o laudo do Corpo de Bombeiros, aprovando os equipamentos de combate a incêndio, entre outros, cuja situação é desconhecida.

Além dos aspectos burocráticos, a limitação para abertura de Jardim Colonial depende apenas dos testes do sistema de sinalização, que têm sido realizados com frequência, como no último domingo, quando o ramal ficou fechado por boa parte do dia.

Prevista para ser aberta ainda em outubro, a nova estação da Linha 15 pode ser inaugurada no dia 4 de novembro, segundo o ex-secretário Alexandre Baldy, em sua despedida do cargo nesta semana.

O track-switch (círculo vermelho), aparelho de mudança de via que permitirá que Jardim Colonial faça parte do carrossel até Vila Prudente (iTechdrones)

Como o site já alertou em várias ocasiões, a operação de Jardim Colonial neste ano será bem aquém do esperado pelos milhares de potenciais usuários da região. Isso porque o Metrô deverá manter um trem isolado do restante da linha fazendo viagens de ida e volta até São Mateus. Lá os passageiros deverão trocar de composição.

O motivo para isso é a inexistência de uma área de manobra para que os trens oriundos de Vila Prudente possam trocar de via para fazer a viagem de retorno. Essa situação só mudará em 2022 quando um novo track-switch após Jardim Colonial for concluído, permitindo que o carrossel de trens possa circular por todo o trajeto do ramal.

Total
20
Shares
Previous Post

Governo Doria repassa mais de R$ 425 milhões para Metrô, CPTM e EMTU

Next Post

CPTM revoga contrato de supervisão para instalação do sistema ATO

Related Posts