Metrô recebe propostas para apoio em projetos executivos da extensão da Linha 15

Contrato prevê assessoria técnica na aprovação de projetos que envolvem as estações Ipiranga, Boa Esperança e Jacu Pêssego, além do pátio Ragueb Chohfi
Obras de vias no sentido leste (Jean Carlos/SP Sobre Trilhos)

O Metrô de São Paulo realizou nesta quinta-feira (20) a sessão de recebimento de propostas da licitação de serviços técnicos especializados de engenharia e arquitetura para verificação, validação e assessoria na aprovação dos projetos executivos civis, sistemas, material rodante das estações Ipiranga, Boa Esperança, Jacu-Pêssego e pátio Ragueb Chohfi, trechos de via e infraestrutura viária e assessoria à gestão técnica e administrativa da Linha 15–Prata.

Cinco grupos apresentaram propostas, com valores de R$ 41 milhões a quase R$ 70 milhões. Após a entrega dos documentos, o Metrô solicitou ao consórcio Projetista L15 (Egis – Engenharia e Consultoria, Future ATP Serviços de Engenharia Consultiva e Sondotécnica Engenharia de Solos) que apresentasse nesta sexta-feira a planilha de serviços e preços assim como a documentação de habilitação.

A licitação chama a atenção por envolver serviços além dos que estão previstos em outro certame, o que prevê a construção das estações Boa Esperança e Jacu-Pêssego e pátio Ragueb Chohfi. Essa licitação está suspensa desde o final do ano passado por conta de recursos administrativos de cinco consórcios derrotados.

A empresa que dará apoio aos projetos executivos da expansão do ramal de monotrilho também será responsável pela estação Ipiranga, cuja licitação de obras civis deve ocorrer no segundo semestre deste ano. Atualmente, o Metrô finaliza os projetos para estender a Linha 15 até a ligação com a Linha 10-Turquesa, da CPTM.

Os valores das propostas dos cinco consórcios
Total
5
Shares
1 comment
  1. A única coisa que poderia melhorar entre a estação Jd. Colonial até o track switche não ter dado a continuidade Ciclovia sentido Cid. Tiradentes e fazer um jardim lateral no espaço, as demais coisas a empresa responsável pela execução da obra só merece aplausos.

Comments are closed.

Previous Post

Oito estações da Linha 3-Vermelha devem contar com portas de plataforma em 2022

Next Post

Obras da Linha 17 voltam a apresentar lenta evolução

Related Posts