Metrô voltará a oferecer os “naming rights” de quatro estações

Após fracassarem na 1ª rodada, estações Saúde, Anhangabaú, Brigadeiro e Consolação terão licitações de concessão parcial de nomes relançadas nesta segunda-feira, 29
Estação Brigadeiro (Instituto Arvut)

Cerca de duas semanas após o fracasso no leilão de quatro estações, o Metrô decidiu relançar as licitações de concessão parcial dos nomes das estações Saúde, Anhangabaú, Brigadeiro e Consolação.

Os detalhes sobre a republicação dos editais serão conhecidos nesta segunda-feira, 29, mas as datas dos novos leilões já são conhecidas: Saúde, da Linha 1-Azul, ocorrerá no dia 29 de julho, Anhangabaú (Linha 3), no dia 30 do mesmo mês, enquanto as estações da Linha 2-Verde, Brigadeiro e Consolação, terão as sessões públicas de recebimento das propostas nos dias 2 e 3 de agosto, respectivamente.

Ainda não é possível saber se a companhia promoveu algum tipo de alteração nos editais de forma a torná-los mais atraentes. Fato é que a primeira rodada, reunindo seis estações, teve um resultado bastante frustrante diante da expectativa gerada. Apenas as estações Carrão e Penha foram arrematadas, por valores mensais de R$ 168 mil e R$ 120 mil.

Um dos principais problemas foi a participação de apenas um interessado, a empresa de marketing DSM – Digital Sports Multimedia, em todas as seis licitações. Sem concorrentes, ela pode oferecer valores mais baixos, o que levou o Metrô a não aceitar as propostas nas quatro estações a serem relicitadas.

Estação Carrão (Google Maps)

Na avaliação deste site, o curto tempo de republicação das licitações causa estranheza já que o assunto talvez merecesse uma análise mais profunda sobre a ausência gritante de interessados, incluindo os próprios potenciais anunciantes como grandes empresas de consumo, por exemplo. A DSM, ao contrário, deve administrar o ativo como intermediária no processo.

Apesar disso, espera-se que os editais tragam alguma novidade que possa gerar condições mais apropriadas aos próximos leilões. O site irá analisar os documentos na segunda-feira e atualizar este artigo assim que possível.

Total
26
Shares
Previous Post

Acciona quer contratar mais mulheres para obra da Linha 6-Laranja

Next Post

Concessão das Linhas 8 e 9 selará o destino de mais de 2.000 funcionários

Related Posts