Estação Vila Sônia abrirá ao público no dia 18 de dezembro

Cerimônia de inauguração ocorrerá na sexta-feira, 17, mas sem operação comercial. Nova parada da Linha 4-Amarela funcionará inicialmente das 10 às 15 horas
Obras da futura estação Vila Sonia, linha 4 amarela 22/11/2021 ©Márcia Alves/Metrô SP

Após apenas citar que a estação Vila Sônia, da Linha 4-Amarela, deveria ser entregue no final da semana que vem, o presidente do Metrô, Silvani Pereira, confirmou a cerimônia de inaugurada para a sexta-feira, 17 de dezembro.

O início da operação assistida, no entanto, ocorrerá no sábado, 18 de dezembro, conforme o governo Doria antecipou para a revista Veja São Paulo nesta sexta.

A data já era esperada há meses quando foi noticiado, em julho, a possibilidade da inauguração para o dia 16 de dezembro (leia aqui).

Segundo Silvani, restam poucas pendências em sistemas auxiliares, elétricos e telecomunicação e que caso tudo ocorrer como planejado, a entrega será feita neste prazo. A estação Vila Sônia é a última a ser entregue da chamada Fase 2 da Linha Amarela.

Como é comum em inaugurações do Metrô, Vila Sônia funcionará inicialmente em operação assistida, das 10 às 15 horas. Segundo a reportagem da Vejinha, essa situação deve durar até maio de 2022.

Estação Vila Sônia em outubro ©Márcia Alves/Metrô SP

Extensão até Taboão da Serra

A gestão Doria assinou um aditivo com a ViaQuatro, operadora do ramal, para que ela faça os estudos de extensão até Taboão da Serra à capital, com a adição de mais duas estações.

Enquanto a extensão até Taboão não sai, a ViaQuatro deve operar uma linha gratuita que ligará a cidade vizinha a estação. Ainda não há detalhes de como será a operação.

Outras linhas geradas pela SPTrans e EMTU devem ter modificações e ter a estação Vila Sônia como parada final.

Total
56
Shares
9 comments
  1. Ótimo!, dia 18 vou pra Linha 4 até Vila Sônia rsrs, tô querendo tirar fotos por lá rsrs

  2. Tudo bem sr Caio & companheiros de sala
    Quer dizer então que no dia 17 vai ter um rega-bofe só para os “convidados e parças” e eu esperando uma inauguração nos moldes que foi na São Paulo-Morumbi, também do jeito que anda os ânimos na politica já teve até um baita rolo la no parque Augusta com uns manifestantes. Bom fazer o que se der eu os vejo lá então.seja dia 17 ou 18, será que vai ser mesmo mais uma semana? Cuidem-se
    Gilberto JV-TS

  3. Já deveriam falar sobre extensões até Juquitiba e Guarulhos nas 2 pontas da linha, mas parece que isso só ocorrerá quando estiver pra chegar a Taboão.

    1. Não existe demanda suficiente para investimento de um metro até juquitiba, guarulhos já tá reservada ser a L19, o projeto executado da L4 no centro de sp n tem capacidade pra receber a demanda de dois extremos super populosos da região metropolitina na mesma linha, cobre coisas concretas não delírios de fã irreais e sem base técnica

  4. Esse aditivo pra Taboão tá desse 2010 pra antes da copa de 2014 Kkkkkkkk, quanta fará e corrupção com essas empresas e nem uma nota na TV, somos palhaços!

  5. Já está com vários anos de atraso e ainda assim, vai inaugurar meia boca por mais 6 meses!!!!! Só o brasileiro pra aceitar tanto absurdo

  6. Muito bem, só falta começar a consertar o estrago nas casas que ficam em frente. Meu sobrado está todo trincado e fechado desde 2017. Na última vistoria feita pelos engenheiros do Metrô disseram que iriam licitar a obra. Faz um ano e nada. E aí Via 4 ? Mandei mensagem no Fale conosco de vcs e bem reaposta.

  7. Isso que dá…30 anos dessa corja. E o povo burro vota neles…pode ter certeza que vão ganhar a eleição de novo. A cara da política brasileira é a mesma do seu povo.

  8. É um absurdo ficar mais 6 meses aguardando a estação funcionar em horário integral. O que está impedindo de funcionar depois dos dias de teste?

Comments are closed.

Previous Post

ViaMobilidade abre vagas para operação e manutenção incentivando mulheres

Next Post

Secretário de Doria prevê testes com trens da Linha 17 no segundo semestre de 2022

Related Posts