Destaques Linha 13

Serviço Connect da Linha 13-Jade estreia nesta quarta-feira, 3

Ligação entre a estação Brás e o Aeroporto de Guarulhos terá quatro partidas diárias com paradas nas estações da Linha 12 e 13
Série 9000: trem mais desgastado deve assumir operação na Linha 13 (GESP)

Após vários adiamentos, a CPTM anunciou nesta segunda-feira que o serviço Connect da Linha 13-Jade estreará na próxima quarta, dia 3 de outubro. Com seis partidas diárias em cada sentido, os trens ligarão o Aeroporto de Guarulhos à estação Brás, já próximo ao centro de São Paulo e onde circulam outras três linhas de trem e metrô – sem contar a Linha 12-Safira, que cederá as vias para que o expresso chegue até esse ponto.

Com isso, os passageiros com destino ao aeroporto e sua região evitarão a necessidade de fazer uma baldeação em Engenheiro Goulart, a cerca de 11 km do destino final da Linha 13. Hoje o serviço normal do ramal termina justamente nesta estação, obrigando os usuários a esperar por um trem da Linha 12-Safira para então trocar novamente de linha em Tatuapé ou Brás. A viagem deve demorar cerca de 35 minutos, segundo a CPTM.

Os horários de partida tanto em Brás como em Aeroporto Guarulhos são os seguintes: 6h20, 7h00, 7h40, 18h00, 18h40 e 19h20. Aos sábados, o serviço funciona apenas na parte da manhã com três viagens em cada sentido que partirão – 6h20, 7h00 e 7h40 – o Connect não funcionará aos domingos.

Além de facilitar o acesso, o Connect também aumentará a oferta de partidas hoje um tanto limitadas – o menor intervalo praticado é de 20 minutos, bastante alto para os padrões da própria CPTM. Para que o serviço fosse possível, a companhia teve que criar uma operação mista com a Linha 12 já que após alguns metros de Engenheiro Goulart não existe uma via exclusiva para a Linha 13.

Agora a próxima novidade deverá ser o serviço “Airport-Express”, que ligará sem paradas as estações Luz a Aeroporto Guarulhos e que terá cobrança à parte – passagem por R$ 8,00. A expectativa é que ele estreie ainda em outubro.

Curiosamente, o projeto da Linha 13-Jade não prevê que ela siga para o centro de São Paulo no futuro e sim para bairros como Belém e Moóca e Ipiranga, terminando na estação Chácara Klabin, segundo alguns mapas divulgados pelo governo – há quem diga que ela só irá até a futura estação Parque da Móoca, onde se conectará com a Linha 10-Turquesa.

O percurso completo da Linha 13. em análise

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

2 Comentários

Click here to post a comment
  • Ta tudo errado kkkk. Como se as pessoas viajassem só nesses horarios q ficará disponível. E outra, tenho certeza q quem usa a linha 12 será prejudicado ja q irão usar a mesma linha.

  • As vezes é bom pensar, “melhor do que nada”, para diminuir um pouco a nossa frustração. Então para não ter que comentar negativamente, espero que com o início do ramal Connect a demanda da linha 13 aumente substancialmente para que num futuro muito breve tenhamos mais trens indo até o Brás, para que a opção de ir e vir de trem seja mais efetiva aos guarulhenses e afins do Aeroporto.

Posts mais compartilhados

Veja em AUTOO

AUTOO