Destaques Linha 13

Viagem de Brás a Guarulhos leva cerca de 30 minutos no serviço Connect

Site testou serviço na sua estreia nesta quarta-feira e encontrou Linha 13-Jade bem mais movimentada
Estação Aeroporto Guarulhos: viagem expressas devem facilitar chegada ao aeroporto, mas serviço poderia ser mais eficiente

Uma viagem que pode durar 30 minutos caso não exista nenhuma surpresa. Assim deverá ser o serviço Connect da CPTM que estreou nesta quarta-feira (3). Ligando o Brás a estação Aeroporto Guarulhos, que fica a cerca de dois quilômetros do terminal aeroportuário, o Connect passa a levar a Linha 13-Jade para mais perto da região central e numa estação que atende outras três linhas da rede – linhas 11-Coral, 10-Turquesa da CPTM e 3-Vermelha do Metrô.

O site participou da segunda viagem desta quarta, que contou com a presença do presidente da CPTM Paulo Magalhães. A composição partiu às 7h00 e chegou em Guarulhos às 7h31 sem grandes surpresas pelo caminho. A viagem poderia ter durado menos tempo se a velocidade na Linha 13 já estivesse maior, mas a sinalização segue em testes sem previsão de evolução.

A surpresa foi ver que a linha já transporta mais passageiros por dia. Segundo Magalhães, são mais de 10 mil pessoas por dia, ainda muito distante da meta de 120 mil usuários/dia. Mas ele acredita que, com o Connect, o movimento vai triplicar. No retorno para Brás, o trem estava ainda mais cheio, com muitas pessoas embarcando em Engenheiro Goulart.

Por enquanto, o serviço terá seis partidas diárias, três pela manhã (6h20, 7h00 e 7h40) e três à noite (18h00, 18h40 e 19h20), mas a CPTM pensa em ampliar os horários, o que é tecnicamente possível afinal o intervalo entre os trens da Linha 12-Safira, por onde os trens do Connect circulam entre Goulart e Brás, são de seis minutos, o que em tese permite a inserção de novas composições.

A mudança de via, aliás, foi uma operação até rápida e aparentemente descomplicada. Pesa contra a linha sim a lentidão nos deslocamentos a partir de Engenheiro Goulart com destino ao centro da cidade. Certamente a viagem poderia levar cerca de 20 minutos, mesmo com a parada em Tatuapé, se não fossem essas dificuldades.

Airport-Express em outubro

O presidente da CPTM aproveitou para informar que o outro serviço da Linha 13, Airport Express, deverá estrear nos próximos 10 dias. Nesse caso, o trem partirá da estação da Luz, que já tem uma plataforma preparada para isso, e seguir direto até Aeroporto Guarulhos sem paradas – o serviço será cobrado à parte, com uma tarifa de R$ 8,00.

Veja também: Melhor conectada, Linha 5-Lilás vai atrair meio milhão de pessoas por dia

Plataforma do Airport Express na estação Luz: estreia em duas semanas

 

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

6 Comentários

Click here to post a comment
  • Afinal, o connect da CPTM não era para ser das 05:00 hs às 08:00 hs e das 17:00 hs às 20:00 hs…?
    Já foi muito demorado e depois a CPTM vem migalhas, é como na política, toda vez prometem e não cumprem e quanto fazem, sempre é feito pela metade!!!

  • como acontece nos países dito “civilizados”, basta haver trem que funcione para que tudo melhore nos grandes centros…pena que aqui, no país do “futuro” o hoje é reflexo do passado: investe mais em rodovias, transporte rodoviário…ah, a indústria “automobilística” que cria mortes, corrupção, ops, empregos…e mais corrupção!!!! vamos pra frente, olhem o abismo!!!! quem sabe um dia este país entra nos eixos…de preferência ferroviários!!!!! palavra de quem viaja e já viveu fora do “gigante”…pois, diferentemente dos nossos políticos, lá andamos de trem, usamos transporte público, etc e não vivo às custas do povo, que continua sendo enganado!

  • Agora vai ficar melhor, pois vai evitar a superlotação nos trens da Linha 12 e a Estação Eng.Goulart não vai virar uma nova Guaianases.

    Mas espero mesmo que a CPTM amplie esses horários e até reduza os intervalos dos trens diretos.

    Poderiam implantar o trem das 17:00hs e 17:30hs se for de 30 em 30 minutos (para isso precisa ter 3 trens diretos disponíveis) ou pelo menos o trem das 17:20hs e 20:00hs, o que iria abranger todo o horário de pico da tarde.

    Já no da manhã o trem das 5:00h e 5:40hs. E o trem das 8:20hs.

  • Boa cobertura #MetrôCPTM. Ontem tive a felicidade de ir na primeira viagem da tarde no sentido Brás. O que foi relatado aqui confere com a minha análise… até confesso que na mudança de trilhos fiquei apreensivo rsrs, mas graças a Deus ocorreu tudo bem. O único “problema” foi que na estação Eng. Goulart a parada foi longa e após sair, ficamos mais uns 2/3 minutos parados esperando a mudança de trilhos.

    Outra coisa observada no pico da tarde, foi que na Estação Tatuapé muitas pessoas embarcaram no trem para fazer o que chamam de Viagem Negativa. Eu consegui ajudar duas pessoas informando que aquele trem era da Linha 13 e não da Linha 12, mas muitos permaneceram e no Brás tiveram a “triste” surpresa. Sugeri a CPTM inserir no letreiro do trem “(Connect)”, talvez ajude, mas o CCO terá que ajustar essa comunicação no Tatuapé, principalmente no pico da tarde.

    Com com certeza, a Linha 13 poderia ser melhor em muitos aspectos e concordo com o comentário do Luiz Andrade, pois a CPTM não cumpriu os prazos e o prometido da cobertura total do horário de pico, mas agora a Linha 13 começa a ter mais autonomia e minha torcida é que a demanda comece a aumentar substancialmente para que em breve, o Connect cubra todo o horário de pico com intervalos menores.

  • Esta Linha 13 já deveria ter nascido abrangendo as estações Tatuapé e Brás. Seria muito mais viável. Este Desgovernador de chuchu nunca pensou nisto.

Posts mais compartilhados

Veja em AUTOO

AUTOO