Confira as obras da CPTM durante o mês de novembro

O principal foco das obras é a restauração de estações históricas, melhorias na acessibilidade e aprimoramento de sistemas. Parte dos empreendimentos serão entregues até o final do ano.
Obras de prolongamento da plataforma central na estação Luz (Jean Carlos)

A CPTM mensalmente publica seu relatório de empreendimentos com a atualização de suas principais obras. No mês de novembro se destacam os avanços nas obras de restauração de estações históricas, acessibilidade e sistemas que promovem melhoria no atendimento ao passageiro.

A estação Jundiaí continua com seu processo de restauro. O principal objetivo das obras é promover a reforma do ambiente respeitando as estruturas da edificação histórica, o que exige aprovação dos órgãos de preservação como o CONDEPHAAT. O foco das equipes continua sendo o restauro da plataforma 1 e da passarela metálica. A previsão para conclusão das obras é no 1º semestre de 2022.

Passarela da estação Jundiaí (CPTM)

A estação da Luz também passa pelo mesmo trabalho de restauração que ocorre na estação Jundiaí. A mais tradicional estação ferroviária de São Paulo está recebendo a reforma de sua fachada, com destaque para as portas e a cobertura em madeira. A previsão é de que as obras estejam concluídas até o final do ano.

Fachada da estação Luz (CPTM)

Além das obras de restauro da estação, a CPTM também está promovendo melhorias nas áreas operacionais como a ligação com a Sala São Paulo através de um corredor panorâmico, a construção de uma passarela provisória para a Praça da Luz e a extensão da plataforma central no sentido leste. São R$ 11 milhões investidos com a previsão de conclusão das obras no 1º semestre de 2022

Plataforma central da estação Luz (CPTM)

A extensão da Linha 9-Esmeralda segue as obras da estação Varginha e a construção dos viadutos rodoviários que poderão viabilizar a fluidez dos trens sem a interferência dos carros. Destaca-se o avanço mais consistente das obras da estação e da via permanente. A previsão é que Varginha seja entregue para a operação até o fim de 2022.

Via permanente na região de Varginha (CPTM)

Ainda na Linha 9-Esmeralda, seguem as obras para reforço estrutural dos consoles da estação Jurubatuba. A passarela garante que os passageiros da estação possam acessar os trens no sentido Grajaú. O valor do contrato é de R$ 659 mil e tem previsão de ser concluído até o fim do ano.

Reforço na passarela da estação Jurubatuba (CPTM)

A CPTM também está investindo na acessibilidade de quatro estações da Linha 10-Turquesa. As estações de Prefeito Saladino e Capuava fazem parte do primeiro contrato, enquanto as estações São Caetano e Utinga fazem parte de um segundo contrato.

São aproximadamente R$ 80 milhões para a realização de todas as intervenções que incluirão a instalação de novos elevadores, rampas de acesso, entre outras melhorias. A previsão é de que as obras estejam concluídas no 1º Semestre de 2023.

Acesso da estação Capuava (CPTM)

Os contratos para aumento da energia de tração e de aprimoramento do sistema de sinalização são os mais vultosos em andamento. O investimento de energia na Linha 11-Coral poderá propiciar melhores condições de operação com possibilidade do aumento da oferta de trens. A implantação do CBTC na linha 10 e 11 também vem de encontro com essas melhorias, uma vez que a distância entre os trens poderá ser drasticamente encurtada.

Na Linha 12-Safira as obras para o aprimoramento do sistema atual visa reduzir em até 50% o tempo de espera nos horários de pico. Com esse incremento é esperado um aumento na demanda e um melhor atendimento ao passageiro. A conclusão de todos estes contratos está prevista para o 2º Semestre de 2024.

Melhorias na sinalização (CPTM)

Também estão em curso as obras para melhoria do Pátio Guaianases. O objetivo das obras é promover melhores condições de trabalho para os empregados da CPTM que poderão dispor de uma base estrategicamente localizada em um dos pontos mais cruciais da Linha 11-Coral. O investimento de R$ 7,7 milhões tem previsão para ser concluído no 1º semestre de 2023.

Melhorias no Pátio Guaianases (CPTM)
Total
4
Shares
3 comments
  1. Ótima Matéria Jean!!, Gostei Demais, quando acabar essas obras ficarão muito boas, parabéns mais uma vez e Sucesso pra você!!

  2. Excelente conteúdo Jean, Gostaria de efetuar uma sugestão. Poderia realizar sobre o Metrô o que vem sendo desenvolvido nas linhas que estão passando por melhorias e ampliação dos serviços.

  3. Quando vemos a modernização e melhoria nos serviços da CPTM hoje e comparamos com o que era a estrutura nos tempos da CBTU … Quanta diferença!

Comments are closed.

Previous Post

Estação “Carrão-Assaí Atacadista” é a primeira a usar os direitos de naming rights do Metrô

Next Post

Já quase sem operários, estação Jardim Colonial segue com inauguração indefinida

Related Posts