Já quase sem operários, estação Jardim Colonial segue com inauguração indefinida

Nova parada da Linha 15-Prata foi prometida para setembro, outubro e 4 de novembro pelo ex-secretário Alexandre Baldy. Metrô fala em abri-la “ainda neste ano”
Estação Jardim Colonial: promessas de inauguração em setembro, outubro, novembro… (iTechdrones)

Iniciadas em maio de 2019, as obras da estação Jardim Colonial, da Linha 15-Prata, tinham um prazo de conclusão de dois anos, um período extremamente curto para um empreendimento desse porte.

De fato, como mostro o site desde então, os trabalhos evoluíram de forma satisfatória a despeito de um aditivo assinado em abril ter estendido o contrato em mais seis meses.

As imagens aéreas do canal iTechdrones desta semana confirmam que a nova estação do monotrilho está pronta, apenas com pequenos ajustes sendo feitos e quase sem a presença de operários.

A pendência está nos sistemas que envolvem a operação do novo trecho de 1,8 km. Embora o início da operação assistida deva ser desconectada do restante do ramal por uma questão fisica (não há como os trens manobrarem para retornar na via sentido Vila Prudente), o Metrô ainda não conseguiu atingir os níveis necessários para homologar o funcionamento da estação – ao menos é o que se deduz dos inúmeros testes realizados desde julho.

Área de manobras (track-switch) que permitirá que Jardim Colonial receba trens direto de Vila Prudente (iTechdrones)

No entanto, enquanto a expectativa pela inauguração de Jardim Colonial só aumenta, não faltaram promessas descumpridas sobre sua abertura.

No final de maio, por exemplo, o ex-secretário Alexandre Baldy anunciou que a estação seria aberta em setembro. Em agosto, o primeiro trem de monotrilho chegou ao local, porém, dias depois o mesmo gestor prometeu uma nova data, outubro.

Mas durante o mês passado nem sinal de abertura. Na despedida do cargo, Baldy voltou a fazer uma previsão, desta vez mais precisa: “a estação Jardim Colonial, que está concretizada e será entregue no próximo dia 04 à população“, escreveu em carta enviada ao governo Doria onde listou seus feitos à frente da Secretaria dos Transportes Metropolitanos.

Pois o dia 4 de novembro chegou e nada de estação abrir. Após a saída do goiano, no entanto, o Metrô voltou a prometer a inauguração da parada “ainda neste ano”, como tem repetido Silvani Pereira, presidente da companhia, em suas redes sociais.

Apesar da demora, espera-se que o novo trecho do Metrô seja entregue em mínimas condições operacionais, ao contrário da estação Mendes-Vila Natal, da Linha 9-Esmeralda, que abriu em agosto sem que os sistemas de controle dos trens estivesse finalizado.

Afinal, às vezes vale esperar um pouco mais para ter um serviço real e não apenas um palco para discursos eleitoreiros.

A estação já quase sem operários: abertura deve ocorrer até o final do ano (iTechdrones)
Total
17
Shares
5 comments
  1. Provavelmente abra lá pra agosto setembro 2022 bem pertinho da eleição esse governo gosta disso né @joaodoria

  2. O Silvani pereira disse no Instagram que vão inaugurar ela com trens diretos de Vila Prudente. Se é impossível por conta do track switch eles devem estar esperando a conclusão oq eu duvido muito que ocorra essa ano, não dá pra confiar em nada vindo dessa gestão.

  3. Não faria qualquer sentido esperar quase 12 meses para sua inauguração. Deve ser o mais provável a questão das vigas trilhos que ainda este faltando até o track switch.

Comments are closed.

Previous Post

Confira as obras da CPTM durante o mês de novembro

Next Post

CPTM comprará veiculo inédito para a manutenção das vias

Related Posts