CPTM cria bilheteria expressa para passageiros com dinheiro trocado

Iniciativa pretende atrair moedas para a companhia, item em falta desde a mudança da tarifa para R$ 4,30
Bilheteria da CPTM (Felipe Salomão)

Para agilizar a venda de bilhetes e ao mesmo tempo arrecadar mais moedas, a CPTM decidiu criar bilheterias expressas em algumas estações mais movimentadas.

A ideia é incentivar o uso de dinheiro trocado para os passageiros que assim perderão menos tempo nas filas. Após o aumento da tarifa de R$ 4,00 para R$ 4,30 em janeiro, tanto o o Metrô quanto a CPTM voltaram a ter problemas para disponibilizar moedas na quantidade necessária.

Por enquanto, as bilheterias expressas existem em nove estações: Osasco e Grajaú (Linha 9-Esmeralda), São Caetano, Mauá e Santo André-Prefeito Celso Daniel (Linha 10-Turquesa), Guaianases e Suzano (Linha 11-Coral), Brás (Linha 12-Safira) e Aeroporto-Guarulhos (Linha 13-Jade).

A CPTM, no entanto, confirmou que poderá abrir novos pontos caso haja uma adesão maior de usuários. As bilheterias expressas são identificadas pela companhia e funcionam apenas em horário mais movimentado.

Total
13
Shares
Previous Post

Piracicaba quer ser incluída no projeto de Trem Intercidades

Next Post

Mesmo após reforma, quatro trens do Metrô não transportam passageiros

Related Posts