Destaques

Metrô e CPTM terão nova tarifa a partir do dia 13

Bilhetes temporais e integração com ônibus também serão reajustados
Bilheterias

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos – STM confirmou nesta semana o reajuste na tarifa do Metrô e da CPTM para R$ 4,30. O novo valor deverá valer a partir do dia 13 de janeiro, um domingo – a SPTrans já havia anunciado o mesmo aumento nos ônibus da capital, porém, com vigência a partir da segunda-feira, 7. A integração dos trens com os ônibus municipais de São Paulo vai custar R$ 7,48.

Segundo nota da secretaria, o novo valor “é baseado na inflação acumulada em 2018, de acordo com o IGP-M”. A pasta diz ainda que o reajuste cobre custos operacionais e de recursos humanos das operadoras. O aumento anterior da tarifa ocorreu no início de janeiro de 2018 quando o valor passou de R$ 3,80 para R$ 4,00. Com o a tarifa “quebrada” deverá voltar a ocorrer o problema de troco nas bilheterias das duas companhias.

Já sobre os bilhetes temporais Mensal e 24 horas, a SMT informa que o usuário poderá carregar o bilhete até 23h59 do dia 12 de janeiro, e a tarifa antiga continuará vigante enquanto houver crédito.

Quem não carregar antes do reajuste, deverá desembolsar no Bilhete Mensal, que engloba o transporte sobre trilhos, o valor de R$ 208,90 e R$ 323,80 para o bilhete integrado entre Metrô/CPTM e ônibus municipais de São Paulo. O bilhete 24 horas passa para R$ 16,40 (comum) e R$ 21,60 (integrado).

Airway