Destaques Linha 13

CPTM diz que Linha 13 do Aeroporto será aberta no dia 31 de março

Operação começará apenas aos sábados, das 9h às 13h sem cobrança de tarifa. Em junho operação comercial terá início
Novo trem da Linha 13-Jade: viagens expressas a partir da estação da Luz

Durante apresentação no Instituto de Engenharia, em São Paulo, o presidente da CPTM Paulo Gonçalves revelou que a nova Linha 13-Jade será aberta no dia 31 de março, um sábado. Como é sabido, a linha conectará o aeroporto de Guarulhos à rede metroferroviária da Grande São Paulo.

O funcionamento inicialmente será apenas aos fins de semana e sem cobrança de tarifa. O horário previsto vai das 9h às 13h apenas no mês de abril. Já em maio a ideia é estender a operação para todos os dias da semana, embora a CPTM não tenha revelado se também o horário será ampliado. Por fim, em junho estima-se iniciar a operação comercial das 4h à 0h (meia-noite) e já com cobrança de passagem.

A partir da cobrança de tarifa, a CPTM pretende oferecer três serviços aos passageiros, o regular, entre Engenheiro Goulart e a estação Aeroporto Guarulhos, com intervalo de 12 minutos e tempo de viagem de 15 minutos, “Connect”, com partidas da estação Brás a cada 24 minutos e que funcionarão em conjunto com as viagens regulares, e “CPTM Airport-Express”, o serviço expresso saindo de Luz e sem paradas até o aeroporto. Nesse caso, haverá uma cobrança de tarifa entre R$ 8 e R$ 10 com início em julho.

Cronograma apertado

De acordo com presentes no instituto, ainda faltam alguns trabalhos para permitir que a linha comece a funcionar. Entre eles estão a instalação das vias dos trens no viaduto estaiado, que foi concluído no início de fevereiro, alguns trechos de obras civis e energização da via, prevista para os dias 10 a 12 de março. Só então será possível realizar testes dinâmicos com os trens da CPTM a fim de averiguar todos os sistemas. Nos últimos dias, inclusive, a empresa levou duas locomotivas a diesel carregadas com brita para avaliar a estrutura elevada.

Trens devem passar pelo viaduto em março (CPTM)

Trata-se, portanto, de mais um prazo apertado afinal temos apenas um mês para avançar tanto. Se por um lado essa parte está atrasada a expansão da Linha 13 encontra-se num estágio mais adiantado do que se esperava. O trecho Bonsucesso-Parque da Moóca, que prevê levar a linha até depois do aeroporto de um lado, e até a Linha 10-Turquesa do outro, já teve seu projeto funcional praticamente concluído (quando são definidos aspectos como o traçado e o tipo de via). Agora, segundo a empresa, trabalha-se nos projetos básicos e executivo, ou seja, que permitirão que a nova fase seja licitada caso o governo do estado tenha interesse.

Até mesmo a extensão entre Parque da Moóca e a estação Chácara Klabin, que consta de algumas projeções da CPTM, tem avançado e pode ter seu projeto funcional definido em breve.

Projeto de estação do People Mover do aeroporto de Guarulhos (ARUP)

People Mover

O avanço das obras da CPTM contrasta com a ausência do prometido “People Mover” que a concessionária GRU Airport deveria ter construído para levar os passageiros da estação até os terminais. Sem ele os usuários serão obrigados a tomar ônibus que os levarão a cada um dos três terminais do aeroporto.

A novidade é que a GRU Airport chegou a contratar um estudo de implantação do “People Mover” com a empresa ARUP. Semelhante a um monotrilho, o trem contaria com estações elevadas, portas de plataformas e um traçado que passaria por cima do Terminal 2 e terminaria em frente ao Terminal 3. Mas a falta de recursos não permitiu que ele saísse do papel não por falta de cobrança pelas autoridades envolvidas. Enquanto ele não vira realidade, o serviço com ônibus articulado partirá a cada 10 minutos nos horários de pico e será gratuito.

Traçado do People Mover de Guarulhos (ARUP)

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

12 Comentários

Click here to post a comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  • Acho melhor o Governo não colocar mais prazo, deixa em aberto que está ficando muito feio.Os caras não acertam uma, coisas simples que qualquer administrador cobsegue fazer. Trabalhei num projeto complicado em Brasilia e tinhamos um cronograma bem feito, com prazos de cada etapa do projeto, o projeto Piloto foi feito em cada unidade da Federação nos prazos previsto e com total correção.Em São Paulo está ficando muito feio os Gestores passarem prazos para o Governo passar vergonha.

  • Será que o trajeto inverso do express (aeroporto-luz) acontecerá também? Se sim, vai ser muuuuito bom chegar no centro em pouquíssimo tempo.

  • Estou ansioso por essa linha. Como não moro em SP, mas, volta e meia estou ai, ter uma linha de trem ajudará bastante na mobilidade. Em julho estarei ai, espero poder já testar esse “CPTM Airport Express”

  • Será ótimo para quem mora em Guarulhos e necessita se locomover a outras regiões de São Paulo e demais municípios. Foi feita em 3 anos um prazo razoável para bom. Parabéns pelo seu furo jornalistico Ricardo.

    • KKKK 3 anos tá doido …. isso era estar pronto antes da copa.. pelo tempo que demorou .. moro ao lado da estação Eng. Goulart… pensei que iria ligar SP à Londres 5 anos sem a estação uma quebradeira…. abrirão a estação sem terminar a passarela e escadas rolantes….

  • Sabe quando a concessionaria vai construir este trem de acesso? Nunca. Eles vao ficar pagando os onibus e evitar de investir este dinheiro todo. No final das contas, quem vai construir vai ser o estado ou o governo federal (diga-se de passagem, com nosso dinheiro) e daqui a 30 anos.

  • Ricardo, o Estadão recentemente informou em sua edição digital que nos bastidores a CCR estuda fazer uma oferta pela Invepar. Se essa negociação de fato for concluída quem sabe este “People Mover”, ou então este mono trilho de acesso aos terminais do Aeroporto de Guarulhos enfim saiam do papel e comecem de fato a serem construídos. Apesar de eu achar bem difícil isto acontecer num prazo curto.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,ccr-fara-nova-oferta-pela-invepar-dona-do-aeroporto-de-guarulhos,70002229255

  • Tá escancarado a corrupção e financiamento de campanha eleitoral nessa obra.Como pode o governo investir Bilhões de Reais pra ficar pronto em 2013
    inclusive o Monotrilho, gastando nosso dinheiro, as construtoras recebem e não finalizam a obra, quase 10 anos depois do início o.governo faz licitações para inciativa privada. Estranho esse empenho todo na campanha eleitoral.

Posts mais compartilhados

AUTOO