CPTM implantará sistema de comunicação visual multimídia nas estações Brás e Palmeiras-Barra Funda

Conjunto de telas será comandado localmente nas estações e permitirá atualização de informações de forma mais rápida
Sistema de comunicação multimídia instalado pela CPTM em João Dias (Jean Carlos)

A CPTM publicou na segunda-feira (27) duas novas licitações para a implantação de um sistema de comunicação visual multimídia em duas de suas mais movimentadas estações: Brás e Palmeiras-Barra Funda.

O novo sistema de comunicação visual se trata de uma série de equipamentos que deverão ser implantados nas estações com o intuito de oferecer informações de forma rápida e eficaz, contando inclusive com equipamentos que possibilitem interação com o passageiro.

A ideia é aprimorar a experiência de viagem das pessoas, algo que está atrelado à “jornada do passageiro”, que consiste em um mapeamento realizado pela CPTM do percurso e interações que o usuário tem desde a preparação para viagem, a entrada na rede ferroviária e sua saída.

O sistema de comunicação visual multimídia é totalmente integrado, possibilitando a transmissão de informações aos passageiros em tempo real. Na estação Brás, por exemplo, deverão ser instalados painéis luminosos, telas de LCD com informações sobre a viagem como o mapa da rede e o mapa de arredores, totens de de autoatendimento e uma IHM (Interface Homem Máquina) local que deverá ser alocada na Sala de Supervisão Operacional (SSO).

Na estação Palmeiras Barra Funda deverão ser implantadas outras novidades como painéis indicativos para as plataformas que serão sustentados por pilares. O equipamento é semelhante aos portais de entrada da Linha 4-Amarela quanto ao seu propósito: Indicar de forma mais clara o local de embarque.

Também serão implantados adesivos no chão da estação, indicando os principais locais para embarque.

Os painéis “Padrão CPTM” serão compostos de por três telas de LED com 55” com resolução UDH 4K. Este tipo de equipamento já foi implantado em algumas estações da Linha 9-Esmeralda antes da concessão para a ViaMobilidade.

Painel “padrão CPTM” (CPTM)

Os painéis de indicação de destino deverão ser fixados nas plataformas. Eles indicarão informações como a linha, destino, número de plataforma, mapa da linha, mensagens e relógio.

Para compreender melhor como será executada a instalação do novo sistema a CPTM disponibiliza nos anexos do edital a topologia de rede. Desta forma é possível visualizar que o sistema funcionará de forma integrada em todas as plataformas. 

Topologia da rede na estação Brás (CPTM)

Na estação Palmeiras-Barra Funda, as plataformas 1 e 2, que pertencem à Viabilidade, não receberão as melhorias. A plataforma 4, que é domínio da CPTM, mas está sob empréstimo para a concessionária, receberá as melhorias.

Topologia da rede na estação Palmeiras-Barra Funda (CPTM)

O projeto deverá ser elaborado e implantado nas estações Palmeiras-Barra Funda e Brás dentro de 12 meses. Por se tratar de duas licitações diferentes a concorrência poderá abranger mais empresas.

As propostas deverão ser enviadas eletronicamente até o dia 12 de julho, quando ocorrerá a sessão pública de processamento da licitação.

Total
1
Shares
2 comments
  1. olha, essas ideias são interessantes. mas sinceramente eu vejo nessa gestão da STM com dória/garcia uma grande preocupação com questões muito superficiais, q dão a sensação de mudança, de inovação, mas que no fundo não muda aquilo q realmente interessa.

    o metrô e a CPTM tem inúmeros problemas que precisam ser resolvidos, como presença de ambulantes e pedintes, vandalismo, estações deploráveis, etc., etc. fazer esses novos painéis é legal, é, mas do jeito q está hoje, não vejo uma grande deficiência. já vi na barra funda gente na frente da linha de bloqueios, debaixo da placa escrito “saída” perguntar onde era a saída. vejo cada hora uma noticia diferente de alguma inovação, mas não vejo q mudam a estrutura.

    1. Esses painéis fazem parte a última licitação que da direito a exploração de mídia, é a mesma empresa que cuida dos carregadores de celular que fica do lado dos assentos na plataforma das estações e que nunca funciona,a manutenção desse empresa é uma vergonha, essa empresa só se preocupa em ganhar com a mídia pq os carregadores de celular são uma vergonha.

Comments are closed.

Previous Post

Gargalo da expansão da Linha 2-Verde, Complexo Rapadura já está sendo escavado

Next Post

Metrô lança o “EstacãoX”, projeto para automatizar suas estações

Related Posts