Em mapa, governo mostra Linha 13 indo até Brás e Linha 10 parando em Luz

Ilustração apresentada durante a cerimônia de assintura do projeto básico da Linha 19 também mostra as linhas 7-Rubi e 11-Coral concluindo viagens em Palmeiras-Barra Funda
Mapa mostra um esquema diferente para as linhas da CPTM (STM)

Durante a apresentação da Secretaria dos Transportes Metropolitanos a respeito do projeto básico da Linha 19-Celeste do Metrô, um mapa inédito revelou planos diferentes para a expansão da malha sobre trilhos em São Paulo.

A imagem, que foi usada para mostrar o percurso da Linha 19, também trazia mudanças significativas nos ramais sob responsabilidade da CPTM.

Uma delas é indicar a Linha 13-Jade seguindo apenas até a estação Brás, numa referência a um serviço que utiliza as vias da Linha 12-Safira. Atualmente, o ramal tem o serviço Expresso Aeroporto indo até a estação Luz, compartilhando vias de outras linhas.

A ilustração contraria os planos do governo, que pretende levar a Linha 13 até Palmeiras-Barra Funda. A modernização das vias entre a estação e Luz já foi contratada e será concluída em 2024.

Como se sabe, essa reforma inclui a extensão da Linha 11-Coral até Barra Funda. Essa previsão foi incluída no mapa assim como a já esperada redução do percurso da Linha 7-Rubi, que deixará de atender a estação da Luz quando for concedida junto ao Trem Intercidades.

Trem da Linha 13 na estação da Luz: mapa sugere que ramal funcionará apenas até Brás no futuro (CPTM)

Além disso, o mapa mostra a Linha 10-Turquesa parando na centenária estação, como ocorria no passado – o ramal chegou a voltar a operar em Luz, mas como parte do Serviço 710, que uniu a operação com a Linha 7.

A ilustração, como se imagina, sugere a extinção do Serviço 710 por conta do repasse da Linha Rubi à iniciativa privada.

Vale observar ainda que a Linha 10 aparece como parte dos ramais que farão conexão com a Linha 19-Celeste na futura estação Pari.

Já no que concerne ao Metrô, o mapa apresenta a extensão da Linha 5-Lilás até Ipiranga, com mais três estações. Para viabilizar a expansão até lá será preciso chegar a um acordo com a ViaMobilidade a fim de que ela implante esse trecho e receba algum tipo de compensação.

Embora apresentado pelo próprio governo, o mapa tem caráter provisório, como é possível deduzir da inscrição “Preliminar” que aparece parcialmente em letras garrafais.

Total
27
Shares
9 comments
  1. Uma duvida meio “besta” mas pertinente: Vão começar construir a estação Pari apenas quando começar a construírem a Linha Celeste?

    Se for isso, será uma tremenda perda de tempo, poderia começar tocar o projeto desde já, a nova “feira da madrugada” terá uma alta demanda e ninguém merece andar cheio de sacola seja desde a Luz ou desde o Brás.

    1. O espaço todo ali é muito apertado, então imagino eu que após concluírem o poço da estação Pari (L19), é que vão iniciar em cima dele a construção da estação da CPTM.

    2. Apareceu também uma nova estação na linha safira: Cangaíba. Só que está sem o pontinho mostrando a localização.

  2. Acho que houve um equívoco na matéria na parte da Linha 13 – Jade, mas posso estar enganado.

    Todo esse tempo em que se fala da L13 na Barra Funda, eu sempre entendi que era o Expresso Aeroporto apenas, nunca a linha normal paradora.

    Ir ate o Brás a paradora eu já acho possível, com essas modificações que o TIC fará, mas ir além disso eu entendi que não irá.

    Se eu estiver errado, por favor alguém esclareça.

    PS: Vale lembrar que o Expresso Aeroporto atual já não aparece na maioria dos mapas, sejam os das estações ou desses anúncios de expansão.

  3. Linha 7 somente até o Brás….que absurdo, mas esperar o que do PSDBosta de metrô pequeno né?

    Bando de burguês que não usa o trem…

  4. Nada demais sobre a L13 em Brás.

    Estão modernizando as vias da L12 no presente momento, já é meio indutivo pensar que a L13 vai terminar para sempre em Brás (pois vão compartilhar as vias modernizadas da L12). O que irá até Barra Funda é o Expresso Aeroporto. Nada demais.

  5. Considero um grave equivoco a descontinuidade do Grande Serviço Integrador-710, que se interconecta com praticamente todas as Linhas do Metrô CPTM, uma vez que comprovadamente é a linha que beneficia um nº maior de passageiros da CPTM por conta de uma provável Linha-19 que será feita após a década de 30!!!
    Desta forma o planejamento técnico racional equilibrado sempre deveria atender aos interesses para facilitar a mobilidade da maioria dos usuários, pois ficou comprovado o sucesso com a reunificação da Linha Integradora-710 cuja soma das linhas 7-Rubi com 5.968.244, e 10-Turquesa com 5.481.325 totalizou 11.449.569. ultrapassando a demanda em 21% a linha 11-Coral com 9.461.724, comprovando o grande sucesso da sua reunificação, e também conforme matéria no blog Metrô/CPTM pelo Jean Carlos que informou que as composições da série 7000 que já trafegaram em todas as linhas da CPTM possuem a largura de 3,3m e são existentes, desta forma é incoerente e inconveniente a manter a especificação de 3,05m, e sim adotar aquela largura para as novas composições a serem adquiridas.
    “As verdadeiras convicções não se mostram, provam-se” Lamartine

    1. Só que o serviço 710 não deixaria de existir por causa da Linha 19, e sim porque a linha 7 será privatizada separada de uma futura privatização linha 10.

  6. MC
    “Com a nova configuração operacional a partir de 4 de Maio de 2021 com a reunificação da Linha Integradora-710, estima-se que cerca de 165 mil passageiros foram beneficiados diariamente com o fim das transferências entre trens nas Estações Luz e Brás, aproximadamente 30% do total transportado nas duas linhas. Além disso, de acordo com estudos preliminares, os passageiros economizam oito minutos não realizando as transferências nas Linhas 7 e 10, podendo descer em locais mais convenientes evitando tumultos, além da facilidade de se utilizar um número menor de baldeações.”
    É um grande equivoco voltar a utilizar as Estações do Brás e Luz como Terminal como era no passado recente.
    Não se justifica por conta de uma concessão e criação de um TIC até Campinas cuja demanda é menor que 10% a mutilação e se desmembrar, pois não serão somente os passageiros das antigas Linhas 7 e 10 que são prejudicados, mas de todo sistema Metrô CPTM, é novamente os gestores enfiando goela abaixo decisões sem consultar os usuários.

Comments are closed.

Previous Post

Confira como é a operação assistida da Estação Vila Sônia

Next Post

Estação João Dias atrai quase 32 mil passageiros, Mendes-Vila Natal, apenas 3 mil

Related Posts