Estação Jardim Colonial deve estrear com trem ‘bate-e-volta’ na próxima semana

Nova parada da Linha 15-Prata tem previsão de inauguração na quinta-feira, 29, o que tem exigido interrupções frequentes no ramal para testes finais
Estação Jardim Colonial em dezembro (iTechdrones)

Se não houver surpresas, no próximo dia 29 será entregue a estação Jardim Colonial, 11ª da Linha 15-Prata do Metrô. A informação foi antecipada pelo diretor de engenharia e planejamento da companhia, Paulo Meca, em entrevista, mas até o momento não houve confirmarção da data, apenas que o evento ocorrerá na última semana de 2021.

Uma coisa, no entanto, pode ser considerada certa: a operação assistida ocorrerá com apenas um trem num esquema “bate-e-volta” entre Jardim Colonial e São Mateus. Essa situação já foi explicada pelo site há bastante tempo, justificada pelo fato de não existir condições de operar trens vindos de Vila Prudente no novo trecho sem causar problemas no restante do ramal.

Tudo por conta de São Mateus não ter sido projetada para ser terminal de fato da Linha 15. Em vez disso, a imensa estação possui duas plataformas para que no futuro seja possível inserir um loop interno na operação, ou seja, com trens extras partindo dali para suprir uma oferta maior de viagens no seu trecho central.

O track-switch após Jardim Colonial e que quando pronto permitirá viagens até Vila Prudente no mesmo trem (iTechdrones)

A solução só virá com o fim das obras da extensão das vias após Jardim Colonial, onde está sendo implantado um novo ‘track-switch’, aparelho que permite que os trens possam trocar de via. Isso só deve ocorrer em meados de 2022, no entanto.

Até lá será preciso tomar um trem em Colonial e então mudar de composição em São Mateus. O intervalo dessa viagem de ida-e-volta deverá ser mais elevado que o restante da linha, talvez em torno de 10 minutos de espera, aproximadamente.

Mais interrupções para testes

As duas estações estão distantes cerca de 1,7 km e que serão percorridos numa velocidade mais baixa que no resto do ramal. Acrescente-se o tempo de espera em cada uma delas e teremos então uma ideia mais clara da capacidade de passageiros provisória do novo trecho.

Embora tivesse sua entrega prevista para bem antes, a estação Jardim Colonial ainda está em seus últimos testes de sinalização antes de ser liberada para operação comercial. Nesta semana, o Metrô e o consórcio CEML realizaram alguns testes durante o horário de operação normal sem que houvesse um aviso com antecedência.

Segundo a companhia, teria sido necessário colocar a atualização do sistema de controle de trens já incluindo a nova estação. Neste domingo, novamente a Linha 15 será fechada em sua totalidade, das 4h40 às 18 horas, para o que se espera ser o último teste antes da inauguração.

Total
39
Shares
1 comment
  1. Se Realmente Forem abrir dia 29, no Dia 30 eu vou ver se estou disponível pra ir lá conferir!
    Excelente Matéria!!

Comments are closed.

Previous Post

Programa ‘Cliente do Amanhã’ abre as portas para alunos na Linha 5-Lilás

Next Post

Conheça a estação Itapegica da Linha 19-Celeste em Guarulhos

Related Posts