Expresso Turístico terá venda de passagens online e poderá contar com carro-restaurante

CPTM lança novas licitações para aprimorar serviço turístico, que tem tido grande procura
Expresso Turistico deve sofrer melhorias (Jean Carlos)

A CPTM intensificou a operação para a remobilização de dois novos carros para o Expresso Turístico. Além da licitação para a reforma de 88 poltronas, a companhia publicou novos contratos para a revitalização dos carros.

Um dos serviços contratados foi o polimento da caixa do carro SI3259. A caixa do trem é basicamente a estrutura metálica externa do veículo, que neste caso específico é composta de aço inoxidável. 

O serviço deverá remover sujeiras e as pinturas antigas, provendo uma melhor condição estética ao carro. O investimento foi de R$ 35 mil.

Em outra contratação foi solicitado o fornecimento de cortinas com argolas e abraçadeiras em velcro que serão aplicadas nos dois carros em processo de restauração. O modelo deverá ser semelhante ao que existe hoje nos carros que operam no Expresso Turístico. O investimento foi de R$ 8,3 mil.

Bilheteria do Expresso Turistico – Compra apenas por dinheiro (Jean Carlos)

Além disso, a CPTM revelou uma série de novidades sobre o futuro do serviço. Uma delas é a terceirização da bilheteria e a possibilidade de comprar os bilhetes online. Em um mundo cada vez mais digital, esta era uma opção importante para atrair o público.

Além disso, a companhia tem a intenção de colocar em funcionamento um carro-restaurante que poderá oferecer refeições e produtos para os passageiros. Esta é uma prática bastante comum em vários serviços de trens turísticos pelo Brasil e que pode se tornar uma oportunidade de negócio que potencialize os serviços prestados.

Exemplo de carro restaurante em trem turistico da ABPF (Jean Carlos)

O Expresso Turístico foi criado em 2009 e conta com viagens para Jundiai, Mogi das Cruzes e Paranapiacaba, sendo este último o roteiro mais procurado. Os trens são tracionados por locomotivas históricas da CPTM e levam carros de passageiros que foram cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF).

Total
66
Shares
4 comments
  1. Genial! Seria muito bom se tivéssemos mais roteiros, como São Roque, e Aparecida do Norte.

    Vida longa ao Expresso Turístico!

    1. Cada real investido pela CPTM no Expresso Turístico é um real a menos para o Trem Metropolitano.

      1. Assim disse o super entendido que disse que a unificação das linhas 7 e 10 era um retrocesso !!! Rs

Comments are closed.

Previous Post

CPTM segue exemplo do Metrô e abre consulta para oferecer naming rights de suas estações

Next Post

Comunicação visual das estações Itapevi e Ceasa é renovada

Related Posts