Governo Federal afirma que apoiará viabilização da Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte

Presisdente Jair Bolsonaro mencionou em suas redes sociais que União repassará recursos para o projeto
Metrô Belo Horizonte., Fonte: Wikipedia

O presidente Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais nesta quarta-feira, 2, que o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, ajudará na viabilização da construção da Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Segundo ele, o valor para a obra virá de uma indenização relativa à “devolução de trechos antieconômicos da Ferrovia Centro Atlântica”. A nova linha deve ligar o Calafate ao Barreiro.

Bolsonaro ainda reforça que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está trabalhando na estruturação do projeto do metrô, que se tornou “prioridade nacional”.

A nova linha deve ter 7 estações e atender aproximadamente 120 mil pessoas diariamente. As futuras estações serão: Barreiro, Mannesman, Ferrugem, Vista Alegre, Salgado Filho, Amazonas e Calafate, onde fará conexão com a linha 1.

A parceria entre governo federal e estadual também foi celebrado pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, do partido Novo, em suas redes sociais.

Atualmente, o metrô de Belo Horizonte é gerenciado pela estatal federal CBTU com apenas uma linha que liga Eldorado, na cidade de Contagem, a Vilarinho, em Belo Horizonte. O ramal possui 28,1 km de extensão com 19 estações e opera diariamente das 5h15 às 23h. A frota é composta por 25 trens e os intervalos variam de 4 a 7 minutos.

Total
1
Shares
Previous Post

Movimentações recentes na Justiça mostram cenário incerto na licitação dos trens da Linha 17 do Metrô

Next Post

CPTM volta a oferecer o Bilhete de Desempregado aos seus usuários

Related Posts