Metrô completa contratação de sondagens para a Linha 19-Celeste

Jean Carlos
Consórcio ESA fará o levantamento geológico da região da Rua Mendes Caldeira até as proximidades da Rua Curuçá
Contrato será importante para a concepção dos tuneis e estações.

Não demorou muito tempo até que o Metrô finalizasse o processo de seleção e homologação da última empresa responsável por realizar a fase de estudos e sondagens geológicas no traçado da Linha 19-Celeste. O trecho originalmente proposto para ligar a região do Bosque Maia, em Guarulhos, até Campo Belo, passando pelo centro, está em fase de estudos e elaboração de seu projeto básico para o trecho prioritário, partindo de Anhangabaú até a região central de Guarulhos

A homologação se refere ao Lote 2 dos cinco que estavam disponíveis. Quem assumirá as obras é o Consórcio ESA formado pelas empresas EPT Engenharia e Pesquisas Tecnológicas SA / AS Geotécnia, Meio Ambiente e Poços Artesianos LTDA / Sondarello Engenharia LTDA. A região que será atendida por essa empresa é delimitada a partir da região da Rua Mendes Caldeira até as proximidades da Rua Curuçá.

Preço e prazo

Com a formalização do contrato disponibilizada no Diário Oficial do Estado do dia 10 de abril, é possível observar o custo para esse serviço, assim como, definir o valor total para todos os lotes. O contrato assinado tem o valor de R$ 8,1 milhões e terá prazo de 24 meses (2 anos). Confira abaixo o valor final da licitação e os consórcios responsáveis pelos 5 lotes:

Traçado da Linha 19-Celeste em sua primeira fase, entre Guarulhos e o centro de SP (CMSP)

Consórcios responsáveis

  • Lote 1 e 5 – CONSÓRCIO ALPHAGEOS-EGIS (Alphageos Tecnologia Aplicada S.A. / EGIS – Engenharia e Consultoria LTDA)
  • Lote 2 – CONSORCIO ESA (EPT Engenharia e Pesquisas Tecnológicas SA / AS Geotécnia, Meio Ambiente e Poços Artesianos LTDA / Sondarello Engenharia LTDA)
  • Lote 3 e 4 – CONSÓRCIO FG-MORETTI (FG Fundações e Geotecnica LTDA / Moretti Engenharia Consultiva LTDA)

Custo

  • Lote 1 – R$ 8.472.790,72
  • Lote 2 – R$ 8.100.000,00
  • Lote 3 – R$ 7.494.418,36
  • Lote 4 – R$ 7.969.993,72
  • Lote 5 – R$ 7.506.054,01
  • Total Final – R$ 39.543.256,81
Formalização do contrato disponibilizada no DOE do dia 10/04/2021

Conclusão

Com a formalização dos 5 contratos inicia-se uma nova e importante etapa para subsidiar o projeto básico da Linha 19-Celeste. Durante essa fase as empresas deverão colher o solo das regiões pode onde a linha será construída e analisar sua composição. Essa verificação fará com que o projeto básico tenha incluído em seu acervo informações importantes sobre a geomorfologia no traçado da linha possibilitando o correto dimensionamento, métodos construtivos e alternativas que possam ser adotadas para a construção de cada trecho e estação.

Total
14
Shares
Previous Post

Estação Jardim Colonial tem prazo de conclusão postergado para dezembro

Next Post

Estação Varginha continua a mostrar lento avanço em abril

Related Posts