Visão geral da nova estação Eucaliptos da Linha 5: entrega em fevereiro

Mais um prazo dado pelo governador Geraldo Alckmin está se esgotando e, pelo jeito, não será cumprido. A estação Eucaliptos, da Linha 5-Lilás, prometida para janeiro deve ficar para o mês que vem, conforme constatou o blog no último fim de semana. Décima primeira estação da linha, a nova parada será a primeira a ser aberta no bairro de Moema e deve acrescentar quase 2 quilômetros ao ramal. No entanto, as obras estão bastante atrasadas e é nítida a pressa em finalizá-la o mais rápido possível.

O blog apurou que os planos agora são de abri-la em fevereiro, ainda na primeira quinzena, talvez até antes do Carnaval. Ao passar pelo local neste sábado, pudemos ver que os trabalhos estão acelerados na superfície. O canteiro de obras já quase desapareceu, dando lugar à duas praças separadas pela rua Eucaliptos que será reaberta no trecho no sábado, segundo informações.

Como a galeria de imagens revela, já há paisagismo, calçadas, iluminação e paineis informativos no acesso principal. Já o acesso secundário, construído num terreno da Aeronáutica e ao lado do Shopping Ibirapuera, aguardava a finalização do teto e a instalação dos vidros. A sensação é que tudo será finalizado nos próximos 10 dias, porém, sem saber as condições dentro da estação em si.

A imagem mais recente a que tivemos acesso mostrava a plataforma já com escadas rolantes e sem as portas de plataforma que, a exemplo de Borba Gato e Alto da Boa Vista, serão instaladas depois.

Manobras

A grande questão que não foi esclarecida pelo Metrô é como será feita a operação assistida nessa estação. Como não há nenhum aparelho de mudança de via até o estacionamento de trens localizado no Parque das Bicicletas (após a estação Moema e na esquina da avenida Indianópolis), seria preciso em tese que os trens fossem até lá para retornar na via sentido Capão Redondo. Essa estratégia exige um número grande de trens mesmo em horário de vale (fora do rush) para que haja tempo de os trens retornarem para o trecho comercial (a partir da estação Brooklin).

Um pouco mais atrasada que Eucaliptos, está a estação Moema, a última a ficar pronta no trecho até Hospital São Paulo e que inclui AACD-Servidor. Essas três estações estão prometidas para fevereiro, porém, como ocorre agora, também deve ser postergadas possivelmente para março.

Veja também: Consórcio que inclui CCR vence a concessão das linhas 5 e 17

Incluir Eucaliptos na operação será uma tarefa complexa