Linha 15

Monotrilho da Linha 15 começa operação comercial nesta segunda, dia 10

Horário de funcionamento do ramal, no entanto, será das 7 às 19 horas com cobrança de tarifa e integração com a rede
Monotrilho da Linha 15: testes continuam fora do horário comercial
Monotrilho da Linha 15: testes continuam fora do horário comercial
Monotrilho da Linha 15: testes continuam fora do horário comercial
Monotrilho da Linha 15: testes continuam fora do horário comercial

Depois de inúmeros adiamentos, o Metrô anunciou nesta terça-feira (04) o início da operação comercial da Linha 15-Prata. O sexto ramal do Metrô paulistano começará a cobrar pelo transporte na próxima segunda-feira, dia 10. Mas mesmo assim o funcionamento não será como em outras linhas – a empresa optou por ampliar para 12 horas o serviço, das 7 horas até 19 horas.

A razão é a complexa fase de testes do sistema, inédito no Brasil. Utilizando o sistema de monotrilho, o ramal tem capacidade para transportar quase 500 mil passageiros por dia quando estiver completo. Mas por um bom tempo ele só servirá para estender a rede por quase 3 km, até a estação Oratório, única parada pronta, além da estação Vila Prudente ligada à sua homônima da Linha 2.

Estação Oratório (foto) será o único destino de quem chega da Linha 2
Estação Oratório (foto) será o único destino de quem chega da Linha 2

O anúncio coincide com um momento ruim para o Metrô, que tem sido alvo de críticas pela lentidão e problemas nas obras de outras linhas. A mais recente notícia ruim foi a rescisão do contrato com o consórcio que construía a fase 2 da Linha 4-Amarela.

Veja também: Gestão Alckmin pode deixar principais inaugurações para o próximo governador

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

Airway