Obras do People Mover de Guarulhos têm início com fundações ao lado da CPTM

Consórcio AeroGRU realizou perfurações no solo, próximas à estação Aeroporto Guarulhos, da Linha 13-Jade
Perfuratriz abre espaço para as fundações do People Mover de Guarulhos (Reprodução)

O consórcio AeroGRU, responsável pela implantação do sistema de People Mover do Aeroporto de Guarulhos, deu início às fundações do trecho 1 do projeto, localizado ao lado da estação da Linha 13-Jade, da CPTM.

Imagens postadas em rede social revelam uma perfuratriz executando a perfuração do solo em terreno próximo à passarela da estação Aeroporto Guarulhos, onde será feita conexão do People Mover com a rede metroferroviária – o início nessa área havia sido adiantada ao site pela GRU Airport, recentemente.

O trecho 1 sugere ser o mais simples de execução por conta da disponibilidade do espaço necessário para a implantação da via elevada do sistema Aeromovel, que será usado no projeto. Ele consiste numa via única para os três trens, porém, com uma área de by-pass, ou seja, ultrapassagem no meio do trajeto, a fim de permitir que as composições possam circular simultaneamente em ambas as direções.

A previsão é que o People Mover seja inaugurado no primeiro semestre de 2024, três anos após a previsão original. Ele terá partidas a cada 6 minutos, mesmo tempo de percurso entre a CPTM e o Terminal 3 do aeroporto. A capacidade de passageiros projetada é de 2.000 pessoas por hora/sentido. O sistema terá 2.730 metros de extensão, quatro estações.

Sistema deve ser concluído no primeiro semestre de 2024 (Reprodução)
Total
24
Shares
3 comments
  1. Sensacional essa construção do people mover…
    Aguardando a extensão da linha 13 até o bairro de bonsucesso!!!

  2. Excelente! Até 2024 teremos os dois principais aeroportos da cidade conectados diretamente à rede metroferroviária. Ir até Congonhas de monotrilho e ir até Guarulhos de trem.

  3. Espero que este people mover seja concluído no prazo e que comecem a pensar na expansão da linha 13 até Aruja e da linha 19 do metrô até o Cecap, que tem a rodoviária de Guarulhos.

Comments are closed.

Previous Post

Metrô amplia concessão de naming rights para Santana e Brigadeiro

Next Post

CPTM segue exemplo do Metrô e abre consulta para oferecer naming rights de suas estações

Related Posts