CPTM Linha 10 Linha 11 Linha 7 Linha 8 Linha 9 Trem Intercidades

Presidente da CPTM promete novos trens, modernização e expansão da rede

Pedro Moro voltou a receber sites e blogs especializados em transportes nesta semana e comentou sobre os avanços na companhia
Pedro Moro, novo presidente da CPTM: "entendo que essa comunicação (falha) continua sendo feita e precisamos entender o que pode melhorar"

Nesta semana o presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, Pedro Moro, voltou a receber representantes de sites e blogs especializados em mobilidade urbana. Moro fez um balanço de seis meses de sua gestão e viu como positivo ações como o fim da integração em Guaianazes, além da renovação da frota na Linha 10-Turquesa.

“Estou há 12 anos e sei quanto é difícil essa empresa cumprir um prazo. Um trabalho grande de gestão. A gente simplesmente deu um foco no que precisava”, afirmou Moro, que tem sido ativo nas redes sociais, assim como o secretário dos Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy e o presidente do Metrô, Silvani Pereira, refletindo o perfil do governardo João Doria.

Veja a seguir alguns pontos da entrevista:

34 novos trens

Aquela que talvez foi a notícia mais importante da noite foi o anúncio de uma licitação para aquisição de 34 novos trens. Boa parte, segundo Moro, deve ir para a Linha 10-Turquesa, mas outros trechos devem receber o material rodante, como a Linha 11-Coral, com a redução no intervalo, e uma possível expansão do Expresso Leste até Palmeiras-Barra Funda, além da extensão da Linha 9-Esmeralda do Grajaú até Varginha.

O edital deve ser lançado ainda neste ano.

Série 3000

Moro ainda disse que neste ano deve ser iniciada a revisão geral nos trens da série 3000. A frota atualmente presta serviço na ferrovia entre o Brás e Rio Grande da Serra, mas a disponibilidade das composições da Siemens tem sido baixa. De cinco unidades, geralmente uma ou duas presta serviços.

Estação João Dias: obras devem começar ainda em 2019 (KSM Arquitetos)

Estação João Dias

O presidente da companhia disse que a meta é iniciar as obras ainda neste ano. Atualmente a CPTM está debruçada em questões como alterações viários no entorno, além de possíveis alterações na circulação dos trens da Linha 9. Intermediária entre as estações Santo Amaro e Granja Julieta, a parada da Linha 9-Esmeralda será bancada pela empresa Tegra, que construiu um conjunto empresarial em frente ao local e quer com isso facilitar o acesso dos funcionários das empresas que se instalarem ali.

Sinalização

Moro disse que entre agosto e setembro deve ser retomado o processo da troca da sinalização dos trens nas linhas 10-Turquesa, e na sequência a Linha 11-Coral, o que deve permitir reduções no intervalo até 3 minutos. Atualmente, a CPTM sofre com intervalos altos por conta do sistema menos eficiente que o do Metrô, além de restrições em alguns trechos de vias. Além dos dois ramais, a Linha 12-Safira teve um novo edital lançado para reduzir seu intervalo para 3 minutos.

Trem Intercidades 

O presidente da operadora afirmou que ainda não foi batido o martelo sobre a escolha do material rodante com propulsão a biodiesel, mas que a opção é atrativa no ponto de vista financeiro, já que a escolha poderia reduzir custos na ordem de R$ 1 bilhão.

Boa parte dos custos está ligada à parte de energia tanto a eletrificação quanto a alimentação. Todo o processo de energia é caro. A solução do biodiesel vem na esteira que você não tem necessidade de eletrificação”, afirmou Pedro Moro.

Concessões

Moro disse que atualmente está sendo finalizadas as modelagens econômica e financeira das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, que as audiências públicas devem ocorrer nos próximos meses, e não descarta um plano de demissão voluntária entre os trabalhadores. Além das duas, que serão concedidas em conjunto, também a Linha 7 entrará num pacote que envolve o Trem Intercidades.

Expresso Turístico

Moro descartou a ida do Expresso Turístico até Santos. Disse que a viagem até a Baixada Santista foi apenas para analisar a via para o projeto de Trem Intercidades. Na época dos testes, o próprio governador confirmou que criaria uma linha turística para o litoral como parte inicial do trem regional.

O Trem turístico para Santos não deve existir, segundo presidente da CPTM (STM)

About the author

Renato Lobo

4 Comentários

Click here to post a comment
  • Bom trabalho prestado pelo site, informando seus leitores. Só gostaria que a CPTM desse uma devida atenção aos usuários da linha 12 safira. Termos em suas extensão três estações precárias: Eng Manoel Feio, Itaquaquecetuba, Aracaré. Além de composições precárias oriundas da primeira modernização da linha 11 coral no começo dos anos 2000, são os trens da série: 2000, 2070, série operadas por 17 anos na linha 11 coral relocada para 12 safira, 2070 operada nas 08 diamante e 09 esmeralda entre 2008 e 2012, relocada para a safira. Com a exceção da série 7000 que está atualmente com 09 composições operando desde 2010 na 12 safira.
    Gostaria de saber o preço do bilhete pago pelos usuários das linhas 11, 08, 09 e 07… Não é o mesmo dos usuários da linha 12. Aqui sempre vem por último tudo, ou ficarmos com que sobra das demais linhas dos outros ramais. Sabemos das modernização das estações Itaim Paulista, São Miguel Paulista, Comendador Ermelino, Eng Goulart e das construções das estações: Jardim Romano, Jardim Helena Vila Mara e USP Leste. Nós últimos anos…

  • Sobre a troca de sinalização, ela é eletrônica ou manual? Qual é a definição técnica, ou uma dedicação para nós leigos!

    • Olá, Osmanir. O sistema de sinalização envolve hardware e software. É preciso instalar equipamentos ao longo da via e nos próprios trens para marcar seu posicionamento, assim como é necessário toda uma programação de controle dessas composições em operação.

Airway