Destaques Linha 13

Primeiro trem da CPTM percorre a nova linha 13-Jade

Composição da Série 9500, que será usada no ramal, fez viagem de reconhecimento na madrugada de 22 de março
Trem da CPTM passa pelo viaduto estaiado da Linha 13 (Reprodução/Paparazzi Ferroviário)

A menos de 10 dias da previsão de inauguração, os primeiros trens da CPTM percorreram nesta madrugada trechos da Linha 13-Jade, que ligará o Aeroporto de Guarulhos à estação Engenheiro Goulart e de lá à toda rede metroferroviária. Duas composições da Série 9500 fabricadas pela Rotem e que farão parte da frota do novo ramal, foram usadas nos testes de reconhecimento da via, recém concluída.

Imagens postadas pela página “Paparazzi Ferroviário” no Facebook e também no Instagram mostram os trens na altura do viaduto estaiado, região onde as rodovias Ayrton Senna e Hélio Smidt se cruzam em Guarulhos. Como se tratava do primeiro deslocamento foi preciso que um veículo de inspeção circulasse pelos trilhos para verificar as condições da via. Somente depois disso é que um primeiro trem se aproximou do viaduto estaiado em velocidade bastante baixa. Mais tarde o segundo trem na via ao lado fez o mesmo procedimento.

Com o primeiro teste realizado, já se sabe que a rede aérea está concluída, mas é pouco provável que os sistemas necessários para a operação automatizada (por sistema de controle e sinalização) estejam prontos. Como será aberta apenas aos fins de semana a partir do dia 31 de março, a Linha 13 deve operar de forma manual, com um trem indo e voltando pela mesma via.

Se isso vir a ocorrer de fato, será o suficiente para que a inauguração ocorra a tempo de o governador Geraldo Alckmin participar do evento – ele se descompatibilizará do cargo até 6 de abril para concorrer à presidência da República pelo PSDB nas eleições de outubro.

Trem da Série 9500 num trecho elevado da Linha 13: primeiro teste (Reprodução/Instagram)

A provável situação da Linha 13 a partir de abril será a de trabalhos na finalização dos sistemas e testes com os trens entre segunda e sexta-feira, ou seja, bastante tempo para afinar e corrigir sua operação. Quando esse processo terminar, a linha deverá abrir em horário reduzido e ainda sem cobrança de tarifa também durante a semana. Aos poucos, esse período será expandido até chegar ao horário pleno visto em outras linhas – quando a cobrança de passagem começará.

Enquanto a nova série de trens encomendada especialmente para a Linha 13 não fica pronta – o que deve ocorrer até o final de 2019 -, o ramal usará os trens da Série 9500 vistos nesse teste. Veja abaixo vídeo mostrando um trecho do teste.

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

10 Comentários

Click here to post a comment
  • Estes trens são os que operam na Linha 7 Rubi ou são outros novos que provavelmente já estavam no pátio do Belém realizando testes?

    • Sim, são da linha 7-Rubi.
      Tanto que entregaram 1 trem sexta-feira dia 23/03.
      Da caf e retiraram um da hyandai. Desse hyandai vão ficar 10 na linha 13 e 20 vão pra linha 7 pra substituir. A série 8500 da linha 11ª sendo remanejadas pra essa linha.

  • Enquanto isso uma obra para construção de duas estações da linha 8 Esmeralda que era para estar pronta em 2014 está parada e sem previsão de reinício.

  • Ricardo, estou muito feliz por ter enfim encontrado um blog bonito, bem feito e escrito e que traz sempre as informações em primeira mão. parabéns

  • Finalmente ufa😃século 21 espero que traga Emprego para cidade de Guarulhos por que o Povo PRESCISA de Trabalho!
    Empresas estão indo embora fechando falindo ! Povo prescisar de trabalho e segurança Não podemos esquecer esse ano tem eleição pessoal até quando esse Desemprego imposto altos ! século 50 ?

  • Não acredito que a próxima vez que vou viajar por Guarulhos será por trem. O Uber até Engenheiro Goulart é absurdamente mais barato que a facada cobrada até a porta do Aeroporto (que o taxistas insistem em cobrar mais pq é obrigado a voltar pra São Paulo sem passageiro).

  • O trem bemn que poderia ter uma estação junto aos terminais 2 e 3? Como a CPTM fará para que o passageiro dos terminais 2 e 3 percorram os 2,7 Km que separam os terminais da estação para pegarem o trem? Teremos um subway como em Amsterdan ou em Madrid? Teremos esteiras rolante ligando os terminais? Teremos um teletransportador ou quem sabe uma catapulta gigante que arremesse os passageiros e suas malas?

Airway