Destaques Linha 2 Linha 4

Túnel entre as estações Paulista e Consolação do Metrô não ficará pronto antes de 2021

Licitação para construção de segundo túnel que aliviará fluxo de passageiros entre as linhas 2 e 4 ficará a cargo da próxima gestão. Prazo de construção é de no mínimo 18 meses
Novo túnel terá sentido estação Paulista apenas (Reprodução)

O aguardado segundo túnel que ligará as estações Consolação (Linha 2-Verde) e Paulista (Linha 4-Amarela) só deverá ficar pronto na melhor das hipóteses em 2021. A razão é que o Metrô confirmou nesta quarta-feira (21) via SIC (Serviço de Informação ao Cidadão) que a licitação para sua construção  ficará a cargo da próxima gestão estadual, ou seja, em 2019.

O prazo para construir a ligação subterrânea é de 18 a 24 meses, o que faz crer que a possibilidade de ser concluído em menos de três anos ser mínima. Caso o próximo governo lance o edital ainda no primeiro semestre de 2019 será preciso aguardar o leilão, assinatura de contrato e ordem de serviço para que os trabalhos de fato comecem. Se todo esse trâmite for cumprido sem atrasos e a obra seja iniciada no final de no ano que vem ficará pronta no primeiro semestre de 2021 levando-se em conta o prazo mais curto (18 meses).

Ou seja, o alívio para os passageiros que se espremem no movimentado túnel existente hoje deve demorar bastante. A boa nova é que a empresa finaliza a seleção do projeto que será desenvolvido este ano ainda. O Metrô abriu o chamado MPI, Pedido de Manifestação de Interesse, para que empresas enviassem ideias para o projeto e agora está perto de definir qual deles será escolhido.

O próximo passo é contratar a empresa vencedora para confeccionar o projeto executivo do túnel, mas a licitação de obras civis ficará para o ano que vem, conforme resposta.

Marcha dos pinguins

O problema com o subdimensionamento da ligação entre as duas estações surgiu logo que a Linha 4 ganhou um maior movimento em 2011 e o fluxo de passageiros cresceu a ponto de um ex-presidente do Metrô chamar a cena de “marcha dos pinguins”. Mesmo com três esteiras rolantes, o túnel frequentemente lota sem falar no problema causado no mezanino da estação Paulista. Com quatro direções possíveis, a ViaQuatro é obrigada a criar corredores para tentar evitar choques.

O novo túnel de ligação entre as estações Paulista e Consolação: desafogo (Reprodução)

A solução pensada pelo Metrô prevê um segundo túnel saindo à direita do final das esteiras no sentido norte (Consolação-Paulista). Ele desceria até o mezanino lateral da estação Paulista e seria exclusivo para os passageiros que vêm da Linha 2. Com isso, evitaria-se o acúmulo de pessoas no trecho administrado pela ViaQuatro – que também deverá assumir a operação e manutenção desse novo espaço. No entanto, a obra será bancada pelo estado, segundo explicou o Metrô.

Apesar dessa demora, ao menos o movimento entre as duas estações deve ter alguma redução este ano com a abertura completa da Linha 5-Lilás. Quando chegar à Chácara Klabin, muitos usuários que hoje utilizam as linhas 9-Esmeralda (CPTM) e 4-Amarela para chegar à região da avenida Paulista poderão tomar outro caminho e assim reequilibrar a demanda. Por quanto tempo, ninguém sabe.

Veja também: Prometida para março, estação Oscar Freire abrirá apenas com um acesso

About the author

Ricardo Meier

É um entusiasta do assunto mobilidade e sobretudo do impacto positivo que o transporte sobre trilhos pode promover nas grandes cidades brasileiras. Também escreve nos sites Airway (aviação) e AUTOO (automóveis).

4 Comentários

Click here to post a comment
  • Olá, ótima matéria, parabéns!

    Se tem alguma noticia sobre o túnel que ligará a estação Julio Prestes(Linha 8 diamante) e Luz(Linha 1 Azul)?

    Obrigado desde já.

  • Quando vai ser feito um túnel ligando a estação da Luz com a Julio Prestes?
    Uma obra relativamente barata e que interliga a linha 8 Diamante com linha 1 e 4 do metrô e linha 7 e 11 da CPTM ?
    Facilitando muito a vida dos usuários e dândo uma significativa melhora no transporte

  • Investimento totalmente desnecessário.
    Quando a Linha 5 – Lilás estiver operando com as estações Chácara Klabin e Santa Cruz, as transferências em Pinheiros e Paulista reduzirão significativamente. Mas claro, alguém do Metrô deve estar muito interessado nessa” obrinha”.

Airway