Na reta final de construção, a estação Moema, 12ª a ser aberta na Linha 5-Lilás, deverá ser inaugurada na primeira semana de abril – segundo comentários, a data escolhida será dia 5, uma quinta-feira, mas o Metrô ainda não confirmou nenhuma informação.

O blog voltou a visitar os arredores da nova estação e mostra a seguir as fotos produzidas que o colaborador Fernando Galfo produziu no domingo (25). A evolução em relação à visita anterior é nítida sobretudo no acesso secundário que já conta o telhado, escadas rolantes, piso e calçadas. Nos próximos dias ele deverá receber os vidros e ter o elevador testado.

Já na praça principal da estação já conta com calçada e até mesmo paisagismo com uma fileira de palmeiras plantadas paralelas à avenida Ibirapuera. O asfalto já está sendo aplicado a fim de liberar as pistas novamente para os carros que hoje precisam contornar o quarteirão para seguir sentido centro.

Os tótens do Metrô também já funcionam em ambos os lados, porém, a fiação aérea no acesso secundário continuava lá até domingo. Apenas um pequeno trecho da obra ao lado da Paróquia de Nossa Senhora de Aparecida seguia com trabalhos mais atrasados na superfície.

Totem do Metrô no acesso secundário (Fernando Galfo)

E quando chega à Chácara Klabin?

Caso seja confirmada a inauguração na semana que vem, Moema deverá ser aberta das 10h às 15h em operação assistida com trens partindo de Eucaliptos em plataformas alternadas. Correm rumores de que o Metrô poderá iniciar a operação plena nesta última no início de abril para facilitar a abertura de Moema.

Após essa inauguração, a última em que o governador Geraldo Alckmin poderá participar antes de sair para concorrer à Presidência da República, restará saber quando o Metrô abrirá as quatro estações prometidas para este semestre – AACD-Servidor, Hospital São Paulo e Santa Cruz e Chácara Klabin, as duas que farão a conexão com outras linhas do Metrô.

Até agora cogita-se maio, porém, o governo tem mudado frequentemente essas datas. Sabe-se que há pressa em finalizá-las – o blog visitaria as duas no dia 24 de março, porém, o evento foi cancelado por conta dos trabalhos acelerados. Até lá também se espera que a assinatura do contrato de concessão tenha sido realizada a fim de a Via Mobilidade passar a atuar em conjunto com o Metrô na Linha 5.

Veja também: Clodoaldo Pelissioni fala sobre as próximas inaugurações