A CPTM confirmou há pouco que a Linha 7-Rubi, que atualmente liga Jundiaí à estação da Luz, passará a chegar até a estação Brás. A mudança passa a valer já nesta segunda-feira (28) e valerá apenas nos dias úteis. Segundo a companhia, trata-se de um serviço experimental por período indeterminado. Segundo rumores, a CPTM deseja testar como ficará o fluxo de passageiros na estação Brás para avaliar se a mudança trará mais benefícios que problemas para os usuários.

“Estamos oferecendo aos passageiros da Linha 7 uma nova opção que hoje ele só consegue se fizer transferência na estações Palmeiras-Barra Funda ou Luz”, explica Pedro Moro, presidente da CPTM. “Além disso, também facilitamos o deslocamento do público das linhas 10, 11, 12 e 13 que usam a Estação Brás nos dias da semana e agora poderão ser beneficiados com a chegada dos trens da Linha 7”, conclui.

A extensão da Linha 7-Rubi havia sido adiantada em redes sociais e pelo site Diário dos Trilhos. A ampliação do número de estações do ramal, que foi de 18 para 19 paradas, só foi possível porque a Linha 10-Turquesa passou a utilizar apenas uma plataforma em Brás, liberando a plataforma 2 para receber os trens da Linha 7. Vale lembrar que as duas linhas faziam parte da mesma ferrovia no passado.

Segundo a CPTM, o objetivo é padronizar o intervalo da Linha 7 em seis minutos entre Francisco Morato e Brás. Atualmente esse intervalo só é praticado a partir de Caieiras – no trecho posterior os passageiros têm de esperar em média oito minutos para embarcar. A mudança também fez a Linha 7 ganhar mais 2,2 km, passando a ter 62,7 km, ela que já é a maior da companhia em extensão.

Na prática, os trens da Linha 7-Rubi vão operar em apenas uma via, indo e voltando por ela até Luz. Para os passageiros, a extensão evitará baldeações curtas e demoradas. Um usuário que vem do ABC Paulista e segue para Jundiaí, por exemplo, agora fará apenas uma troca de trem contra duas anteriormente. Mesmo para os passageiros que precisam chegar à Linha 8-Diamante a novidade deve ajudar bastante já que até agora era preciso ir de Brás até Luz na Linha 11, trocar para a Linha 7 até Palmeiras-Barra Funda e então chegar ao ramal que atende a região de Osasco e oeste da Grande São Paulo.

Linha 11 em Palmeiras-Barra Funda

Além da Linha 7, a CPTM estuda colocar em prática a extensão da Linha 11-Coral até Palmeiras-Barra Funda, um projeto bastante antigo da companhia. Ao contrário de Brás, o imenso terminal ao lado do Memorial da América Latina possui várias plataformas vagas. Segundo apurou o site, a extensão deve ser anunciada nos próximos meses.

Trem da Linha 7-Rubi: agora ramal terá 62,7 km de extensão e 19 estações (CPTM)